Partilhe nas Redes Sociais

2019 vai ser o ano da IA, do 5G e das colunas inteligentes

Publicado em 17 Janeiro 2019 por Cristina A. Ferreira - Ntech.news | 342 Visualizações

Quem o garante é a Deloitte, que no estudo TMT Predictions reúne as principais tendências para o ano que acaba de iniciar, nos sectores da tecnologia, media e telecomunicações.

Conclui a pesquisa que a inteligência artificial continuará a ser um dos temas fortes deste ano, um destaque que já ocupou em 2018. A grande diferença esperada para o ano que agora começa está na democratização da IA, que começa a sair da esfera das grandes empresas com recursos generosos, para se tornar acessível a empresas com os mais diversos perfis. Tudo graças à cloud.

A Deloitte prevê que até 2020, o software empresarial com IA embutida e os serviços de desenvolvimento de IA baseados na cloud vão alcançar taxas de penetração na ordem dos 87 e 83%, respetivamente.

Setenta por cento das empresas inquiridas pela consultora, que já são utilizadoras da tecnologia, vão assegurar capacidades de IA recorrendo a software empresarial cloud, enquanto 65% revelam intenções de criar aplicações que tirem partido do mesma tecnologia, através de serviços de desenvolvimento na nuvem.

5G já em 2019 para mais de duas dezenas de operadores

O lançamento comercial, em larga escala, do 5G não acontecerá ainda em 2019, mas o ano já assinalará a chegada dos primeiros serviços ao terreno e será de trabalho intenso também para as empresas que ultimam preparativos para fazer chegar a quinta geração móvel aos seus clientes nos anos seguintes. A expectativa em torno da tecnologia que promete multiplicar por 100 a capacidade da rede móvel é grande e o potencial transformador maior ainda.  

Mostram os números apurados pela Deloitte que se em 2018, 72 operadores testaram redes e ofertas, em 2019 cerca de 25 operadores têm planos para lançar serviços 5G. Enquanto isso, deverão ser vendidos, já este ano, cerca de um milhão de telemóveis com suporte para a tecnologia. No ano seguinte outros 50 operadores avançarão para o 5G, num ano em que o número de equipamentos compatíveis vendidos já deverá ascender a 15 ou 20 milhões.

Reconhecimento de voz veio para ficar

As tecnologias de reconhecimento de voz têm vindo a ganhar terreno e em 2019 esse espaço tende a consolidar-se. A Deloitte estima que o mercado de colunas inteligentes valerá 7 mil milhões de dólares este ano, fazendo desta categoria de produto aquela que apresenta maior crescimento, no universo dos dispositivos conectados. As vendas no segmento devem este ano aumentar mais de 60%.

A primeira feira tecnológica do ano, o Consumer Electronic Show, em Las Vegas, deu sinais claros desta aposta dos fabricantes em todo o tipo de gadgets das TVs, às set-top-boxes, passando pelas eletrodomésticos, dispositivos móveis e outros. A aposta das empresas que criam este tipo de soluções integráveis também é clara, como evidenciou a Google com o anúncio pré-CES sobre o Google Assistant.

A Deloitte sublinha, no entanto, que para vingarem a nível global as tecnologias de reconhecimento de voz terão ainda de «melhorar a abrangência da oferta, ampliando a capacidade de suporte em maior número de idiomas».


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados