Partilhe nas Redes Sociais

É possível inovar mais no desenvolvimento de software com IA?

Publicado em 20 Fevereiro 2018 por Ntech.news - Luísa Dâmaso | 1078 Visualizações

A Outsystems diz que sim e que a inteligência artificial (IA) e a machine learning (ML) são novos catalisadores de inovação nesta área. «Graças à inteligência artificial, temos agora o potencial necessário para transformar o ciclo de vida de todo o software, em que assistentes com base em IA auxiliam todas as etapas de produção desde a conceção de novas aplicações (a arquitetura certa e experiências do consumidor) à análise do valor de negócio e o respetivo impacto na organização», garante Paulo Rosado, fundador e CEO da OutSystems.

É para concretizar este potencial que a Outsystems anunciou a abertura de um novo Centro de Excelência para IA em Lisboa. A esta epopeia, a empresa de Paulo Rosado dá o nome de Projeto Turing, inspirando-se em Alan Turing, matemático, considerado o ‘pai’ da ciência de computação e da inteligência artificial.

Este novo centro pretende explorar a forma como a IA e o ML podem transformar o desenvolvimento de software na próxima década. «A nossa visão para o Projeto Turing conjuga-se na perfeição com as ideias que tínhamos em mente, há 17 anos, quando lançámos a OutSystems: reduzir a complexidade do desenvolvimento e da mudança a nível de software empresarial», destaca Paulo Rosado.

Concentrados no projeto estarão 20% dos recursos totais de R&D da Outsystems, cerca de 30 engenheiros a tempo inteiro, peritos da indústria, líderes tecnológicos e universidades, que dinamizarão a pesquisa e inovação nestas áreas da IA e ML.

Tal como a plataforma Watson da IBM usa um volume massivo de dados médicos da clínica Mayo para melhorar a vida dos pacientes, Nuno Antunes, vice-presidente de Engenharia da OutSystems, acredita que a tecnológica e os parceiros estarão numa posição «única para alavancar IA/ML e big data, identificar as melhores práticas e criar assistentes especializados, que no futuro ajudarão significativamente os clientes».

Maior eficiência em várias frentes

  • Desenvolver novos Assistentes IA para acelerar o desenvolvimento de aplicações, fornecendo os modelos de melhores práticas, componentes e widgets durante a conceção da aplicação. Estes assistentes IA ajudarão os programadores a serem mais eficientes e a tornarem-se um exemplo para os seus pares em programação.
  • Conceber Analistas com base em IA que diminuirão os custos de manutenção das aplicações. Ao analisarem a estrutura de aplicações complexas antes da sua implementação, estes analistas conseguirão prever determinadas questões e monitorizar padrões de uso em tempo real, recomendando melhorias.
  • Desenvolver sistemas com base em IA que gerarão, de forma automática, recomendações de novas características para novas aplicações com base em grandes conjuntos de dados de utilização, reporting de erros, feedback do consumidor, taxas de adoção e métricas de negócio.

Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados