Partilhe nas Redes Sociais

Accenture tem 200 milhões para formação digital

Publicado em 29 Junho 2018 por Ntech.news - Ana Rita Guerra | 363 Visualizações

A Accenture vai investir 200 milhões de dólares (cerca de 170 milhões de euros) em programas de formação direcionados para qualificar trabalhadores na era digital. O investimento está previsto para os próximos três anos e vai apoiar as iniciativas Skills to Succeed, Tech4Good e Accenture Development Partnerships, entre outras ações.

É uma extensão dos apoios que a empresa tem vindo a dar neste sentido. No caso de Portugal, a Accenture colaborou com a Fundação Calouste Gulbenkian e com parceiros sem fins lucrativos para criar o +Competências, um programa online que ajuda pessoas em situação vulnerável a desenvolverem capacidades técnicas e digitais necessárias à sua contratação.

«Enquanto organização líder global, temos a obrigação de aplicar novas soluções tecnológicas em escala para ajudar a resolver desafios sociais complexos», afirma o CEO da Accenture, Pierre Nanterme. «Os nossos investimentos vão continuar a promover a constituição de parcerias e programas de cariz social que terão um impacto profundo na vida de milhões de pessoas por todo o mundo, no presente e no futuro», garante.

As iniciativas que já estão alinhadas para receberem parte do investimento têm diferentes alvos. No caso do Skills to Succeed, a ideia é promover oportunidades de emprego e de empreendedorismo, com foco nos estímulos à inovação digital para encontrar emprego ou criar um negócio. O objetivo é agora alcançar mais de 3 milhões de pessoas até 2020, sendo que o programa começou em 2010. Alguns exemplos das parcerias ao abrigo do programa Skills to Succed são o apoio à Youth Business (desenvolvimento de uma plataforma que usa inteligência artificial e analítica para interligar jovens empreendedores) e a parceria com a Rede Cidadã e o Instituto Ser Mais no Brasil, para disponibilizar qualificações técnicas e empresariais a pessoas com baixos rendimentos.

Já os projetos Tech4Good utilizam tecnologias avançadas na resolução de desafios críticos para as empresas e para a sociedade. Um exemplo é a colaboração com a The Grameen Foundation India na melhoria da literacia financeira de pessoas desfavorecidas; outro é a parceria com o Club Egalité em França no desenvolvimento de um jogo de realidade virtual que ajuda estudantes adolescentes a explorar trabalhos “à prova do futuro.” Aqui o objetivo é incentivar o interesse por carreiras STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática).

Por fim, as Accenture Development Partnerships trabalham com governos, empresas e sociedade civil usando soluções tecnológicas e empresariais para o desenvolvimento de programas para o progresso das organizações.

«A oportunidade de melhorar vidas requer uma colaboração entre empresas, governos e organizações não-governamentais», complementa Pierre Nanterme. «Enquanto os líderes avaliam as novas tecnologias e aplicações, devemos questionar-nos: será que isto beneficia a próxima geração? Se a resposta for sim, é o mais acertado a fazer.»


Publicado em:

Talento

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados