Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Açores apostam na formação em OutSystems para atrair empresas

Publicado em 1 Abril 2019 por Cristina A. Ferreira - Ntech.news | 438 Visualizações


A ITUp recebeu 70 candidaturas para preencher as 11 vagas disponíveis para a formação

em OutSystems, que vai ministrar no âmbito do Terceira Tech Island. A academia, que arranca a 8 de abril, será a primeira das três ações previstas para este ano, no programa que quer revitalizar o mercado de emprego e atrair empresas tecnológicas para a Terceira.

«Conseguimos encontrar um perfil de formandos muito alinhado com os que temos encontrado no Continente», revela Luís Campos, CEO da ITUp, a empresa parceira do Terceira Tech Island para a formação em OutSystems, que ao longo de 2019 deverá assegurar a certificação de 60 açorianos. «Temos maioritariamente licenciados de engenharias e técnicos de informática, com uma média de idades de 29 anos», acrescenta o responsável.

O programa de formação em 14 semanas, que a ITUp está a desenvolver nos Açores, já tem a funcionar no continente desde 2016. Por cá serviu de base a várias academias, que colocaram no mercado de trabalho 180 profissionais habilitados a trabalhar com a plataforma portuguesa low-code, que facilita o desenvolvimento de aplicações. contas feitas, a taxa de empregabilidade da formação é de 98,8%, destaca Luís Campos.

A nível global, e só em 2019, a ITUp já treinou mais de 250 pessoas, mas as previsões para o resto do ano indicam que os números finais ficarão muito acima deste valor, devido à crescente procura de quadros nesta área e, consequentemente, de formação especializada. «Para que possam ter uma ideia do crescimento que temos conhecido, na primeira semana de Abril teremos sete formações a decorrer em paralelo, com mais de 70 formandos», remata Luís Campos.

Conheça o projeto no artigo O Silicon Valley do atlântico é na ilha Terceira e a culpa é dos americanos.  


Publicado em:

Talento

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados