Partilhe nas Redes Sociais

AdC avança para investigação aprofundada à compra da Nowo pela Vodafone

Publicado em 6 Abril 2023 | 242 Visualizações

A Autoridade da Concorrência anunciou que vai avançar para uma investigação aprofundada à compra da Nowo pela Vodafone. O acordo de compra foi anunciado no final de setembro do ano passado e o processo tem estado em pausa, à espera da decisão do regulador. A AdC vem agora dizer que mantém os receios de que «a operação de concentração resulte em entraves significativos à concorrência efetiva no mercado nacional ou em parte substancial deste, prejudicando os consumidores». Em face disso, vai aprofundar a investigação ao negócio.  

Uma das questões sublinhadas pela AdC é o facto de a compra retirar do mercado «o operador que, atualmente, apresenta ofertas com preços comparativamente baixos». A compra também significa que a Vodafone passará a controlar o espectro «reservado a novos entrantes, como a Nowo, eliminado, assim, a possibilidade de utilização do mesmo por outros operadores distintos dos já presentes no mercado».

A Vodafone reagiu entretanto à decisão, discordando e indicando que vai continuar a colaborar com o regulador para esclarecer as questões que estão a bloquear a concretização do negócio, mostrando-se confiante de que a AdC acabará por concluir que «as preocupações identificadas são infundadas». 


«A Vodafone Portugal não concorda com a avaliação feita pela Autoridade da Concorrência, refletida na decisão de passagem a investigação aprofundada e, por isso, irá continuar a cooperar com esta autoridade», refere a nota divulgada pela Vodafone. 

A operadora compromete-se a disponibilizar «toda a informação relevante ao seu dispor que possa contribuir para uma melhor compreensão, por parte da Autoridade da Concorrência, do sector das comunicações eletrónicas em Portugal e da operação em causa». 


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados