Partilhe nas Redes Sociais

Adecco disponibiliza simulador online para trabalho temporário

Publicado em 12 Maio 2017 por Ana Rita Guerra | 606 Visualizações

Perceber quais as condições salariais que um trabalhador temporário terá implica uma série de cálculos que têm de ser atualizados conforme as regras vão sendo alteradas. É para facilitar esse processo que surge agora uma calculadora online de vencimento para trabalho temporário, desenvolvida pela especialista em recursos humanos Adecco.

O Simulador de Vencimento para trabalho temporário é de utilização fácil e devolve resultados em poucos segundos. Depois de preencher alguns campos, o trabalhador saberá quanto vai receber no final do mês, quanto descontará para o IRS, qual o valor da sobretaxa e ainda o da contribuição para a Segurança Social. A calculadora fornece também dados sobre outros créditos laborais a que os trabalhadores têm direito, como subsídios de férias e de Natal.

«O desenvolvimento deste tipo de ferramentas tem o objetivo de ajudar todos os que se encontram a trabalhar neste regime e a perceber se as contrapartidas salariais que lhes estão a ser oferecidas no emprego são efetivamente as corretas, contribuindo assim para um maior esclarecimento e confiança», resume Carla Rebelo, diretora geral da Adecco Portugal. A responsável sublinha que muitos trabalhadores são consumidos por incertezas quanto conseguem o seu primeiro emprego e querem saber quais os descontos necessários e as condições salariais reais. «Esta ferramenta desmistifica todas estas questões», conclui a responsável.

O trabalhador tem de indicar qual o salário bruto, o subsídio de alimentação diário, como vai receber o subsídio de férias e de Natal (em duodécimos ou por inteiro) e qual a região onde se encontra. A calculadora pode ser usada no desktop ou telemóvel através desta ligação.

Nos últimos anos, o mercado de trabalho temporário cresceu a dois dígitos em Portugal, depois de uma retração a seguir à entrada da troika. Quase metade mais de 230 das empresas que fornecem este tipo de trabalhadores localiza-se em Lisboa, calculando-se que o sector empregue cerca de 80 mil portugueses.


Publicado em:

Talento

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados