Partilhe nas Redes Sociais

Administração Pública investiu 717,5 milhões de euros em TIC no ano que passou

Publicado em 9 Março 2022 | 544 Visualizações

Durante o ano passado, a Administração Pública investiu 717,46 milhões de euros em Tecnologias de Informação e Comunicação. A contratação de Serviços representou metade do investimento realizado, cerca de 340 milhões de euros. A segunda área a absorver mais investimento foi o hardware, para onde foi quase 40% do investimento em TIC realizado durante 2021, com os portáteis a ficarem com a maior fatia desta verba, cerca de 75%.

Os dados são da TendersTool, uma plataforma online de análise e consultoria que informa e aconselha empresas tecnológicas na sua relação com Organismos e Organizações da Administração Pública. Também revelam que a educação esteve em destaque, tendo sido responsável por metade do investimento público em TI entre julho e setembro, uma posição que reflete a compra de hardware, traduzido em portáteis para alunos e outros equipamentos para estudantes e professores.

Só a Secretaria-Geral do Ministério da Educação e Ciência, arrematou um quarto do investimento total do Estado em TIC, cerca de 189 milhões de euros. Seguiram-se a Autoridade Tributária e Aduaneira e a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, com 57 milhões de euros e 27 milhões de euros respetivamente.

Os dados recolhidos mostram ainda que a Administração Central assegurou 70% do investimento público, mais de 500 milhões de euros. Por áreas geográficas, a maior fatia das verbas gastas foi para a Área Metropolitana de Lisboa, com mais de 70 milhões de euros.

Por empresas, quem mais faturou com o Estado em 2021 foi a Claranet, com projetos adjudicados no valor de 69,61 milhões de euros. Seguem-se a MEO, com 55,52 milhões de euros, e a Inforlandia, com 54,62 milhões de euros.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados