Partilhe nas Redes Sociais

Altice instala fibra ótica até à Estação Rádioastronómica de Porto da Balsa

Publicado em 20 Agosto 2018 | 280 Visualizações

A Altice Portugal, parceira do projeto ENGAGE SKA (Square Kilometer Array), anunciou a sua intenção de instalar fibra ótica até à Estação Rádioastronómica de Fajão-Porto da Balsa, do Instituto de Telecomunicações.

O objetivo é permitir que os cientistas possam operar a antena portuguesa que contribuirá para o projeto, localizada na Pampilhosa da Serra.

Esta antena foi recuperada de uma instalação da Altice Portugal nos Açores e colocada na Pampilhosa da Serra, com apoio da Câmara Municipal local, sendo um ativo, a par do data center da Covilhã, que coloca Portugal no mapa do projeto internacional SKA. Trata-se do primeiro radiotelescópio transcontinental «alguma vez criado».

A nível internacional o SKA vai somar, na primeira fase, 200 antenas parabólicas e quase 130 mil antenas dipolo, expandindo futuramente para mais de 2000 antenas parabólicas e quase 1 milhão de dipolos.

Para Domingos Barbosa, investigador do Instituto de Telecomunicações e responsável pelo Projeto SKA em Portugal, «a Altice Portugal tem sido um parceiro chave neste caminho para que Portugal seja considerado no mapa do projeto SKA».

Recorde-se que a Altice Portugal tem investido na infraestruturação em fibra ótica das aldeias do concelho, que se encontram todas ligadas com esta tecnologia de última geração, tendo agora acrescentado a ligação até à Estação Rádioastronómica de Porto da Balsa.


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados