Partilhe nas Redes Sociais

PUB

GMV: Innovating solutions in Cybersecurity

Altice pode avançar para a compra da Charter por 200 mil milhões de dólares

Publicado em 10 Agosto 2017 por Ntech.news - Rui da Rocha Ferreira | 213 Visualizações

Charter Altice

O grupo Altice, que no mercado português é dono da PT Portugal, estará a estudar a aquisição da empresa norte-americana de telecomunicações Charter. O primeiro relato sobre o negócio foi avançado pela publicação CNBC, que diz que ao lado da Charter ainda não chegou qualquer proposta oficial.

Este seria um movimento que alargaria a influência da Altice nos EUA, um mercado onde ficou com posição reforçada depois da recente compra da Cablevision Systems. Mas a surgir uma proposta, o grupo francês não vai ter vida facilitada.

A Charter é atualmente uma empresa bastante cobiçada, apesar do mega-valor estimado para a sua aquisição – algo que deverá rondar os 200 milhões de dólares. Outra empresa interessada na gigante das telecomunicações é a japonesa Softbank, que nos últimos anos tem liderado um conjunto de mega-aquisições, incluindo a da ARM por 31 mil milhões de dólares.

Segundo a reportagem da CNBC, ambos os potenciais compradores poderão ter dificuldade em concretizar a compra devido às estratégias de aquisição agressivas que praticam e que têm por base dívidas de grande valor. A própria Charter tem uma dívida estimada em 62 mil milhões de dólares.

Por outro lado, se o prémio por ação for suficientemente convidativo, há grupos de investidores que poderão sentir-se tentados a facilitar o negócio – caso da Liberty Media, que detém perto de 20% das ações da Charter. Nenhum representante das várias empresas envolvidas neste processo prestaram declarações.

O diretor executivo da Altice, Patrick Drahi, já disse noutras ocasiões que a sua prioridade nos EUA passa pela expansão na área das telecomunicações por cabo, seguido da área mobile e da área dos conteúdos. A Altice USA é atualmente o quarto maior operador de cabo.

Recorda-se que em Portugal a Altice anunciou recentemente a aquisição da Media Capital por 440 milhões de euros e fruto da reestruturação que se avizinha a executiva Cláudia Goya passou a ser a nova CEO da PT Portugal.


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados