Partilhe nas Redes Sociais

Amazon Web Services instala-se em Lisboa

Publicado em 25 Setembro 2018 | 171 Visualizações

A Amazon anunciou a abertura do seu primeiro escritório em Portugal, para dar suporte à atividade da unidade de negócio focada em serviços cloud, a Amazon Web Services. Em comunicado, a empresa explica que a abertura de um escritório em Lisboa é uma resposta ao crescimento da base de clientes no país.

Embora só agora avance com uma representação física no país, a Amazon Web Services já conta com um portefólio diversificado de clientes e parceiros locais, que tem sido dinamizado através de uma comunidade de utilizadores que promove vários eventos e da extensão ao mercado local de programas como o AWS Activate (para startups) e o AWS Educate (para a educação, dirigido a professores e estudantes universitários).

Na rede de parceiros locais AWS estão nomes como aAccenture, BI4ALL, Claranet, CGI, Deloitte, DXC, FlipKick, Glint, Link Consulting, Magic Beans, Marionete, Noesis, Rumos e Timestamp, enquanto integradores de sistemas. Anubis, Celfocus, Insurads, Prologica, Velocidi e WeDo Consulting compõem a lista de fornecedores que utilizam a plataforma pera levar o seu software aos clientes.

Com a abertura do novo escritório em Portugal, a AWS passa a ter presença direta em 19 países europeus, onde entrega uma oferta de serviços de computação, armazenamento, redes, bases de dados, entre outros, disponibilizados num modelo de serviço, através da cloud.

Cada unidade local da AWS é composta por gestores de conta, gestores de parceiros e arquitetos de soluções, que apoiam todos os tipos de empresas clientes, desde startups a grandes clientes do sector público, como frisa a empresa.

Desta lista de clientes locais fazem parte nomes como a EDP, Feedzai, Globalvia, Grupo Impresa, Jumia, Lusiaves, Miniclip, Prodsmart, OutSystems, Unbabel ou Uniplaces.

«A decisão de abrir oficialmente um escritório em Lisboa surge no seguimento de muitos anos a apoiar os clientes do país na sua adoção da cloud», justifica Miguel Alava, diretor da AWS para o Sul da Europa.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados