Partilhe nas Redes Sociais

Arrow Portugal cria unidade de negócio cloud

Publicado em 11 Abril 2017 | 1398 Visualizações

A Arrow ECS Portugal criou uma nova unidade de negócio para as ofertas na nuvem, que vai unificar a disponibilização de ofertas de todos os seus fabricantes. A empresa indica que o objetivo da unidade é posicioná-la como cloud enabler e fortalecer a ligação com o ecossistema de parceiros.

Na fase inicial, esse ecossistema é constituído por cerca de 50 fabricantes, incluindo a Dell EMC, Oracle, IBM, Microsoft, Citrix, Red Hat, Symantec, McAfee, Veeam e Trend Micro, entre outras. No entanto, os fabricantes e programas variam de país para país, sendo que a ideia é aumentar a sua abrangência ao longo tempo.

Carlos Carvalho, que vai gerir esta unidade de negócio na Arrow Portugal, sublinha que a empresa quer alinhar-se com a transformação de negócio e implementar uma visão a cinco anos. Segundo ele, não há dúvidas de que a cloud mudou o panorama das tecnologias de informação. «A unidade vai desenvolver os programas de cloud dos fabricantes e alavancar as ofertas existentes através de soluções integradas entre clouds diferentes assim como entre produtos on-premises e clouds públicas», acrescenta.

No centro da estratégia estarão pacotes focados em nuvens híbridas e em ambientes multi-nuvem, além da plataforma Arrowsphere. Trata-se de um marketplace onde são disponibilizados os programas dos fabricantes de subscrições Pay-As-You-Go/Grow, IaaS, PaaS e SaaS num único catálogo. Foi desenvolvido para simplificar a relação entre os fornecedores de serviços na nuvem, os seus revendedores e os clientes finais. A Arrow garante que o Arrowsphere simplifica o processo de cotação, aquisição, provisão e gestão de múltiplas subscrições de vários fabricantes.

O foco de mercado será extenso e independente do estado de adoção do modelo de consumo da nuvem. As abordagens serão diferentes consoante o parceiro seja um integrador, um MSP ou ISV e conforme o seu estado de maturidade no modelo nuvem. Alguns exemplos são a transformação do negócio on-premises para modelos de subscrição mensal em nuvem, a adição de serviços geridos à proposta de valor, a maximização do negócio na nuvem e a construção de uma prática no segmento.

Outra vantagem, diz a Arrow, é que os parceiros poderão diferenciar-se com soluções que integrem o seu portfolio de serviços. «A estratégia de cloud tem um impacto significativo no negócio atual e futuro da Arrow», sublinha Carlos Carvalho, referindo que a intenção é alavancar os parceiros para aumentar as vendas de soluções hibridas e multi-nuvem nos clientes empresariais. «Ao responder ao aumento diário da procura de serviços em modelo de consumo, os parceiros vão aprofundar a relação com os seus clientes e criar novas oportunidades de negócio na cloud».


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados