Partilhe nas Redes Sociais

Big Data: o nome dá uma pista mas será que sabe para que serve?

Publicado em 24 Dezembro 2021 | 344 Visualizações

Dados

Diz-se que os dados são o novo petróleo, mas tirar partido desta riqueza é como esculpir um diamante em bruto. É preciso trabalhá-los, para que se transformem em informação. Esta informação só tem valor se ficar acessível em tempo útil, ajudando as empresas a compreenderem os seus clientes a tempo de servi-los melhor, a analisar o passado e encontrar respostas no presente, ou a cumprir requisitos impostos pelos reguladores. 

Nos dias que correm, fazer isto implica Big Data, que já é usado por empresas em todos os sectores de atividades, com destaque para aquelas que ao longo dos anos acumularam mais dados e precisam de agilidade e transparência no acesso a essa informação, como a banca ou os seguros. 

No vídeo que hoje partilhamos, Cesar Freire explica isto mesmo: para que serve afinal o Big Data e porque precisam as empresas cada vez mais desta tecnologia. O formador da Rumos para a área de Big Data também partilha alguns dados interessantes e impressionantes. Sabia que em 2020 foram gerados 306 mil milhões de emails? 

Os terabytes e até mesmo os petabytes são ordens de grandeza com que as empresas se habituaram a lidar e o Big Data é essencial para lidar com tais volumes de dados, com a ajuda do leque abrangente e multidisciplinar de profissionais que trabalham com estas tecnologias. 

Quem faz parte deste universo profissional, que competências deve ter e que papéis asseguram os profissionais da área, são outras respostas que pode obter em mais este vídeo da série IT for Everyone, uma parceria entre a Rumos e o Ntech.news para promover a literacia digital.   


Publicado em:

IT for Everyone

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados