Partilhe nas Redes Sociais

Financial Times: BOLD e Farfetch representam Portugal entre as empresas europeias que mais crescem

Publicado em 11 Abril 2017 por Ntech.news - Rui da Rocha Ferreira | 1530 Visualizações

BOLD International

O Financial Times revelou no final da semana passada o ranking FT1000, dedicado às empresas europeias com maior taxa de crescimento entre 2012 e 2015. Da lista que engloba mil empresas europeias, apenas fazem parte dois nomes portugueses, a Farfetch e a tecnológica BOLD International.

De acordo com os dados partilhados no ranking, a loja online de moda, fundada em Portugal mas com sede no Reino Unido, razão pela qual é apresentada na lista como empresa britânica, ocupa a 224ª posição do ranking. Chega a esta posição depois de aumentar receitas em 550% entre 2012 e 2015, a uma taxa anual média de crescimento de 86,6%. Em 2015 faturou 141,6 milhões de euros.

A BOLD registou um crescimento de 234% nas suas receitas durante o mesmo período, o que garante uma média de crescimento anual composto (CAGR) de 49,8%. No último ano de análise a tecnológica portuguesa faturou 10,85 milhões de euros e tinha 383 colaboradores. Com estes valores a BOLD assegurou a 464ª posição, garantindo também um lugar na primeira metade da tabela.

Na semana passada a BOLD comunicou que continua a atravessar um momento positivo: em 2016 a empresa registou um aumento de 36% na sua faturação, para um total de 15 milhões de euros. O número de colaboradores também já aumentou para 500.

“Este destaque no prestigiado ranking do Financial Times deixa-nos muito orgulhosos do trabalho que temos vindo a fazer! Apostamos nas pessoas e em tecnologia, somos uma empresa nascida em Portugal, que começou com duas pessoas e que neste momento tem já 500 e por tudo isto, é uma enorme recompensa o facto de sermos a única empresa portuguesa a integrar esta lista. Por outro lado, sabemos que o espírito empreendedor português está bem presente no país e acredito que no futuro seremos ainda mais empresas portuguesas a integrar este ranking”, disse o sócio fundador da BOLD, Bruno Mota, em comentário ao Ntech.news.

Esta última edição do ranking do Financial Times é liderada pela empresa de logística e alimentação HelloFresh, que em quatro anos registou um crescimento de 13.159%. Na segunda posição surge a Codewise, uma empresa polaca de publicidade que também cresceu mais de 13 mil por cento. O terceiro lugar é ocupado por uma tecnológica, a Green IT Das Systemhaus, empresa de origem alemã.

O jornal financeiro destaca ainda o facto de Londres ser um dos principais centros de inovação e comércio da União Europeia, ao garantir 78 empresas no ranking FT1000 – recorda-se que o Reino Unido está nesta altura a preparar a saída da UE. Paris surge em segundo lugar ao ser casa para 45 empresas desta lista, seguida pela cidade italiana de Milão que é o quartel-general para 34 das empresas listadas.

N.R. [22:07 de 11-04-2017]: Notícia atualizada com o comentário da BOLD


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados