Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Brisa Inovação e Tecnologia cria marca para mercado internacional

Publicado em 5 Abril 2017 | 588 Visualizações

A empresa do grupo Brisa dedicada aos negócios de tecnologia e mobilidade criou uma nova marca comercial especificamente para o mercado internacional. Chama-se A-to-Be e incluirá vários tipos de soluções, sempre ligadas à circulação automóvel.

A introdução da marca acontece depois de a empresa, que resulta de uma parceria entre a Brisa (79%) e a Phatena (16%), ter ganho um concurso público no estado norte-americano Illinois. Trata-se de um projeto de 33 milhões de euros para a implementação de uma solução de cobrança de portagens, ou et-toll, que incluirá a construção de máquinas similares às que existem em Portugal.

Este é um dos quatro segmentos de atuação em que a A-to-Be se vai focar, de acordo com a Brisa Inovação e Tecnologia: além das portagens eletrónicas, será disponibilizada a implementação da mesma tecnologia usada na Via Verde e um modelo de gestão das cobranças. Outra área é a de gestão de tráfego, provavelmente o serviço mais completo e avançado que a marca terá para oferecer. A intenção é implementar sistemas para gerir fluxos de tráfego urbano, indicar percursos alternativos, criar redes de monitorização urbana por vídeo e gerir serviços de urgência.

Ainda nos ambientes urbanos, a A-to-Be quer também afirmar-se com soluções de estacionamento inteligente. Isto inclui sistemas de pagamento de parques de estacionamento e identificação de parques com lugares disponíveis para estacionar.

O outro sector é o dos transportes públicos, naquilo a que a Brisa IT chama de “mobilidade enquanto serviço.” A ideia é permitir identificar por via eletrónica os meios de transporte disponíveis para ir do ponto A ao ponto B, com o custo mais baixo possível.

A Brisa Inovação e Tecnologia tem como principal objetivo a exportação de soluções tecnológicas da Brisa para os mercados internacionais, sendo que a A-to-Be será a marca comercial das mesmas. A empresa em si dedica-se a atividades de investigação e produção de equipamentos, sistemas e serviços inteligentes de transporte que suportam a operação do grupo.

 


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados