Partilhe nas Redes Sociais

Capgemini Portugal inaugura Mobility Lab e está a recrutar 250 colaboradores 

Publicado em 8 Julho 2022 | 91 Visualizações

O novo Mobility Lab da Capgemini Portugal abriu oficialmente portas em Vila Nova de Gaia. A estrutura vai dedicar-se à investigação e desenvolvimento de tecnologias de ponta para a mobilidade sustentável e inteligente. Arranca com uma equipa de mais de 350 colaboradores, mas o plano é duplicar este número até 2025. As contratações estão em marcha, com mais de 200 vagas abertas. 

Este vai ser um espaço para testar soluções novas em ambiente de I&D, que irão posteriormente ser aplicadas a projetos reais, e um espaço onde vão ser desenvolvidas soluções e aplicações de software para a indústria automóvel. 

Entre os exemplos apontados pela empresa estão soluções de condução autónoma, de conectividade e ligação à cloud, ou soluções de verificação e validação automáticas, com recurso a inteligência artificial. São também apontadas novas soluções de arquitetura e abordagens inovadoras ao desenvolvimento de software, que vão tirar partido da infraestrutura 5G disponível e dar prioridade à cibersegurança.

Entre os clientes que a Capgemini já serve nesta área, desenvolvendo soluções de software, estão a BMW, Volkswagen, Renault, Bosch, Continental e a Panasonic Automotive. 

O centro vai ainda ter uma vertente de formação, que permita desenvolver competências dos colaboradores da Capgemini Portugal neste domínio tecnológico. 

«O Mobility Lab surge no âmbito da revolução que a indústria automóvel está a viver desde o início deste século com a explosão das tecnologias móveis, o crescimento da conectividade e a emergência das novas tecnologias como a IA ou/e o IoT, bem como o surgimento dos smart cars», defende Bruno Coelho, membro do Comité Executivo e responsável pela área de R&D da Capgemini Engineering.

«Este novo centro reforça o compromisso da Capgemini Portugal com o desenvolvimento das competências da sua equipa portuguesa na área do software para a indústria automóvel», acrescenta o responsável.

Através da sua submarca Capgemini Engineering, que também vai gerir o novo centro, a unidade portuguesa da consultora lidera o Projeto Route25, um projeto financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência, recentemente aprovado, que representa um investimento de 50 milhões de euros e prevê a criação de mil postos de trabalho.

Espera-se que esta iniciativa venha a gerar um volume de negócios superior a 100 milhões de euros, resultado do lançamento de mais de 50 novos produtos, processos e serviços, que se pretende venham a contribuir para  reduzir em 85% as emissões de CO2 e diminuir o número de acidentes em 30%.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados