Partilhe nas Redes Sociais

Check Point anuncia crescimento no trimestre

Publicado em 29 Julho 2016 | 387 Visualizações

A Check Point revelou os resultados financeiros referentes ao segundo trimestre de 2016 (terminado em junho passado), tendo atingindo receitas totais de 423 milhões de dólares (380, milhões de euros), representando um crescimento de 7 por cento face ao período homólogo.

Já as receitas de exploração GAAP situaram-se na casa dos 202 milhões dólares (181 milhões de euros), o que representa 48% das receitas, enquanto o lucro referente às subscrições de software blade atingiu os 93 milhões de dólares (83 milhões de euros) para um aumento de 21% face a igual período do ano anterior.

O fluxo de caixa proveniente de operações, no trimestre em análise, situou-se nos 202 milhões de dólares em comparação com os 193 milhões do segundo trimestre de 2015.

Conforme referiu Gil Shwed, fundador e CEO da Check Point, a empresa teve «um bom segundo trimestre». As linhas de appliances de segurança recém-lançadas «e otimizadas para a prevenção de ameaças tiveram uma grande aceitação por parte dos clientes e conduziram a um aumento nas vendas», sublinhou ainda o mesmo responsável.

Gil Shwed disse ainda que a tecnologia de prevenção de ameaças avançadas e proteção contra o malware de dia zero que a empresa comercializa «registou um elevado crescimento e contribuiu para a aceleração nas nossas receitas provenientes de Software Blades».

Entre os negócios com maior destaque no segundo trimestre, a Check Point aponta o lançamento da nova série de Appliances (1400, 3000 e 5000) que assegura uma «proteção otimizada que permite às empresas, independentemente do seu tamanho, contar com uma prevenção avançada de ameaças», e também a solução SandBlast Zero-Day Protection.

Neste ultimo caso, a solução foi ampliada para servidores de email em cloud permitindo às empresas migrar para infraestruturas baseadas na nuvem «sem comprometer a sua segurança».

A SandBlast Cloud conta com o sistema de deteção ao nível da CPU e a funcionalidade Threat Extraction da Check Point.

Destaque ainda para o R80 Security Management que permite que as empresas consolidem a sua gestão da segurança e possam escalar as suas operações nos ambientes de segurança mais complexos.


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados