Partilhe nas Redes Sociais

Chips para inteligência artificial rendem mil milhões de dólares à Intel

Publicado em 20 Agosto 2018 | 326 Visualizações

A Intel revelou que ao longo do ano passado as receitas geradas com processadores para inteligência artificial ascenderam a mil milhões de dólares. O número foi divulgado pela empresa durante um evento com analistas e marca a primeira ocasião em que a empresa divulga dados específicos sobre este mercado.

A informação foi veiculada por Navin Shenoy, vice-presidente executiva da unidade de data centers da fabricante, admitindo que ao longo dos últimos anos a Intel se tem dedicado a melhorar os seus CPUs, para otimizar a resposta dos chips em contextos de treino com inteligência artificial.

Em 2017, a Intel registou um volume de negócios total de 62,8 mil milhões de dólares. As vendas de mil milhões, associadas a processadores para IA, dizem respeito aos processadores Xeon vendidos pela empresa a clientes que indicaram utilizá-los especificamente para esse fim.

Têm também em conta os cálculos da empresa relativamente à percentagem de processadores num data center dedicado a tarefas de IA, revela a Reuters, na sequência de uma entrevista com Naveen Rao, vice-presidente da unidade de produtos de inteligência artificial da Intel.

 

 


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados