Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Cloud da Oracle em ritmo ascendente

Publicado em 6 Abril 2016 | 449 Visualizações

O negócio da Oracle associado à cloud «tem vindo a apresentar um crescimento sustentável em termos de rentabilidade».

A certeza foi deixada pelo country manager da companhia em Portugal, Hugo Abreu, segundo o qual «no terceiro quarter do ano, os resultados globais da empresa estabilizaram, tendo vindo a registar-se um decréscimo do negócio tradicional compensado fortemente pela subida de receitas na cloud».

Os resultados corporativos revelam ainda que a Oracle «é numero 2 mundial em volume de negócios SaaS, apenas atrás da Salesforce, estando a crescer muito rapidamente».

Hugo Abreu diz acreditar que o ritmo de crescimento em PaaS e IaaS será semelhante ao de SaaS «e a Oracle rapidamente conseguirá assegurar as primeiras posições do mercado mundial». A verdade é que «os clientes começam, cada vez mais a adotar consumos nestas áreas ao nível da cloud» defende este responsável.

Em Portugal, e embora opte por não divulgar valores concretos, Hugo Abreu assegura que a realidade do negócio proveniente da cloud «é muito semelhante» sendo que os crescimentos «acabam por ser maiores em termos percentuais» já que «partimos de uma base menor».

De acordo com o country manager em Portugal, «não há um cliente tipo, verificando-se diferentes desafios tendo em conta cada industria e as suas especificidades».

Entre os sectores mais ativos em termos de modernização tecnológica no nosso país, Hugo Abreu fala das «utilities e das telecomunicações», ambas com «um bom potencial» de transformação digital.

No caso da Administração Publica, Hugo Abreu defende que existe muito espaço para trabalhar na «melhoria dos processos e dos serviços ao cidadão» áreas nas quais, aliás, a Oracle «tem desenvolvido projetos bastante interessantes».


Publicado em:

Negócios

Etiquetado:

CloudHugo AbreuOracle

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados