Partilhe nas Redes Sociais

Concorrência persegue Salesforce

Publicado em 7 Março 2017 | 1585 Visualizações

Na apresentação dos resultados do quatro trimestre fiscal de 2016, que terminou a 31 de janeiro, as receitas globais da Salesforce subiram 27%, para 2,29 mil milhões, superando um pouco o que os analistas previam. No entanto, os prejuízos duplicaram para 51,4 milhões de dólares. Ainda assim, Keith Block, diretor de operações, mostrou-se confiante e disse que a aquisição da Demandware no ano passado vai começar a dar resultados, capitalizando o crescimento na área de e-commerce.

Para já, o primeiro trimestre de 2017 está a correr com as receitas e lucros a evoluir a um ritmo mais lento do que o esperado pelos analistas, que previam chegar ao final do trimestre, que termina em abril, com as receitas nos 2,37 mil milhões de dólares (segundo a média da Bloomberg).

Os analistas consideram que a performance abaixo do esperado está relacionada com vários fatores, o mais importante dos quais a concorrência feroz de empresas de software como a Microsoft e a Oracle, que agora estão totalmente investidas na nuvem. O território da Salesforce está a ser ameaçado por todos os lados, o que também explica porque é que a empresa tem feito inúmeras aquisições sob a liderança do CEO Marc Benioff. Aliás, foi reportado que o executivo planeava uma oferta de compra do Twitter, o que deixou os investidores em alerta.

 

 


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados