Partilhe nas Redes Sociais

Concurso prevê 80 milhões de euros para Centros de Tecnologia e Inovação 

Publicado em 5 Setembro 2022 | 61 Visualizações

A Agência Nacional de Inovação lançou o primeiro concurso para o financiamento dos Centros de Tecnologia e Inovação, uma medida financiada pelo Plano de Recuperação e Resiliência, que vem permitir a reforma do modelo de financiamento dos CTI. 

Lançado no dia 1 de setembro, o concurso está direcionado para as 26 entidades reconhecidas como CTI que por esta via vão poder ter acesso a «uma fonte de financiamento estável e plurianual para promover atividades internas e externas, fomentando a capacidade de inovação do país», como explica uma nota do Governo. 

Os CTI dedicam-se à produção, difusão e transmissão de conhecimento, devendo estar  orientados para as empresas e para a criação de valor económico, alinhados com os objetivos de política pública em áreas prioritárias a nível nacional ou regional. 

A medida avança com uma dotação inicial de 80 milhões de euros, para implementar um «modelo equivalente aos melhores exemplos de inovação internacionais», assegura-se.

Os CTI contam com um investimento de cerca de 340 milhões de euros e um total de 3.800 recursos humanos qualificados. No âmbito das estratégias para 2022-2027 avaliadas calcula-se que tenham capacidade para multiplicar este investimento até valores que podem ultrapassar os 1000 milhões de euros. Cerca de 23% desse valor deverá ser assegurado por projetos ou parcerias internacionais.

O PRR conta com uma dotação de 186 milhões de euros para reformar a Missão Interface e apoiar instituições que promovem a aproximação entre o conhecimento e a economia, através de um mecanismo de financiamento estável e plurianual. Um dos principais objetivos da medida passa por melhorar as ligações entre os meios académicos e empresarial, transferência de tecnologia, a troca de conhecimento ou o desenvolvimento e certificação de produtos. 


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados