Partilhe nas Redes Sociais

Consórcio We@Work quer reduzir acidentes no trabalho através do big data e dos wearables

Publicado em 24 Outubro 2017 por Ntech.news - Rui da Rocha Ferreira | 379 Visualizações

Wearables we@work

Diferentes organizações, de diferentes segmentos de negócio, juntaram-se para criar o consórcio We@Work. A premissa deste grupo é simples: usar as novas tecnologias para reduzir o número de acidentes no trabalho e para melhorar também a ideia que os funcionários têm do ambiente laboral.

Segundo dados divulgados pela Atos, os números não são animadores e mostram uma grande margem de progressão: acidentes e outros problemas de saúde relacionados com o trabalho representam entre 2,6% a 3,8% do Produto Interno Bruto europeu. Más condições no trabalho significam também maiores níveis de stress entre os trabalhadores e menores níveis de produtividade.

Os números mostram igualmente a realidade contrária – uma aposta nas melhorias de condições no trabalho tem impacto direto nos níveis de saúde dos trabalhadores e também no seu bem-estar, ajuda a reduzir os níveis de absentismo laboral entre os 25% e os 40%, e contribui para um aumento nos níveis de produtividade.

Para que as empresas possam endereçar melhor os desafios que têm nos seus ambientes de trabalho é necessário que conheçam os problemas – ouvir os funcionários é uma das formas de conhecer a realidade, outra passa pela utilização de tecnologia.

O consórcio We@Work pretende usar wearables para a criação de dados valiosos neste sentido, informação que depois é trabalhada por ferramentas de big data. Desta forma cada organização saberá em que áreas precisa de atuar e quais destas precisam de maior prioridade.

O consórcio é composto pela Atos Espanha, Philips Research, Quiron Prevención, pelo Instituto Karolinksa KTH-Kungliga Tekniska Högskolan, Z-Health Technologies (Z-HT), pela província de Estocolmo e pelo Hospital Universitário Karolinska.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados