Partilhe nas Redes Sociais

Data Centers da ONI passam a usar energia 100% renovável

Publicado em 30 Novembro 2021 | 128 Visualizações

Os data centers da ONI passaram a usar energias 100% renováveis nos seus consumos internos. A meta aplica-se aos centros de dados da empresa na Matinha, em Lisboa, e ao centro de dados na Maia. O primeiro, como explica a empresa, é um dos maiores do país, com mais de 2 mil metros quadrados, o centro da Maia está orientado para os clientes empresariais da região Norte do país.     

A meta vai ser concretizada no âmbito de uma parceria com a Acciona Energia, especializada no fornecimento na produção e fornecimento de energias renováveis, que vai vigorar durante cinco anos e também prevê que cada Kw usado no data centers da operadora tenha certificação de origem 100% renovável. Essa certificação é da responsabilidade da Entidade Emissora de Garantias de Origem, rastreada através de blockchain. 

O investimento da ONI está em linha com a orientação do grupo que detém a operadora, a espanhola Gigas, especializada em serviços cloud, que assinou igualmente um pacto europeu, subscrito pela indústria de cloud da região no início deste ano, para a conversação dos seus centros de dados para centros neutros em emissões de carbono, até 2030. 

«O ambiente é uma das prioridades da nossa empresa. O anúncio de que os nossos data centers em Portugal vão passar, a partir de agora, a ser alimentados com energia 100% renovável é mais um passo em direção ao nosso objetivo de reduzir ao máximo a nossa pegada ecológica», afirma Nuno Saraiva, CEO da ONI.

O responsável sublinha ainda que esta «é uma responsabilidade que devemos ter em mente, uma vez que somos um player importante numa das indústrias mais intensivas a nível energético, as TI».


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados