Partilhe nas Redes Sociais

DBS chega a Angola para modernizar o setor financeiro

Publicado em 9 Fevereiro 2024 por Ntech.News | 294 Visualizações

A Digital Banking Solutions (DBS) oficializou sua entrada em Angola, levando consigo o seu know how no mercado da banca digital e na implementação de soluções para o setor financeiro.

Liderada por Vasco Oliveira e Nuno Fernandes, managing partners da DBS Angola, a empresa tem como missão contribuir para a modernização do sistema core dos bancos angolanos, mantendo-os competitivos e alinhados com as melhores práticas internacionais.

«Pretendemos contribuir no processo de modernização do sistema core dos bancos angolanos, e colaborar com os nossos clientes para que se possam manter competitivos e oferecer melhores serviços bancários e alinhados com as melhores práticas internacionais», assumem os responsáveis.

Fundada no início de 2020, a DBS já alcançou uma faturação superior a três milhões de euros, com os PALOP a contribuírem com 40%, sendo Angola o mercado africano de maior dimensão onde operam.

A chegada da DBS a Angola representa um marco importante na modernização do setor financeiro do país, prometendo trazer inovação e eficiência para as instituições bancárias locais e contribuir para o desenvolvimento econômico e tecnológico do país. «A capacitação de quadros num conjunto de soluções e tecnologias e inovadores e de futuro integra também as prioridades da empresa, assim como a criação de uma academia de formação em tecnologias inovadoras e de futuro, onde a Oracle tem um papel fundamental», referem os managing partners da DBS Angola.»

Com um portfólio de soluções que abrangem áreas como Canais Digitais, Core Banking, Risco e Compliance, a DBS tem como foco a modernização dos bancos angolanos, além da criação de uma academia para capacitar profissionais locais. A equipe da empresa conta atualmente com cerca de 60 colaboradores, distribuídos entre Portugal, onde se encontra a equipa principal e de gestão e projetos, Brasil, onde a equipa faz essencialmente desenvolvimento de produto, e Índia, onde se foca no Flexcube. O crescimento da equipa deverá crescer com a entrada em Angola.

A DBS colabora com várias instituições financeiras portuguesas, incluindo o Euro BIC, o Banco BIG, a Caixa Económica de Angra do Heroísmo, a Unicâmbio, o Banco Português de Gestão, a associação de Caixas Agrícolas Mútuas, bem como as Caixas Agrícolas do Oeste.

 Além-fronteiras, presta serviços para sucursais ou participadas do Grupo CGD em várias geografias dos PALOP, além de bancos no continente africano, como o Banco Sol (Angola), Banco Keve (Angola), Caixa Económica de Cabo Verde (Cabo Verde), First National Bank (Moçambique), entre outros.


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados