Partilhe nas Redes Sociais

DXC Technology inicia operações com foco na transformação digital

Publicado em 4 Abril 2017 | 1371 Visualizações

A companhia que resultou da fusão entre a CSC e a divisão de serviços empresariais da HPE arrancou oficialmente as suas operações, estreando-se também na Bolsa de Nova Iorque. A DXC Technology tem um valor global de 24 mil milhões de euros e quer assumir-se como a maior empresa independente de serviços de TI end-to-end. Para se apresentar ao mercado, a firma arrancou também com uma campanha de marketing global.

O foco da marca estará nos projetos de transformação digital, como refere o CEO Mike Lawrie, que transita da liderança da CSC para o mesmo cargo na DXC. “A tecnologia está a transformar negócios e indústrias a um ritmo extraordinário e a DXC Technology vai ajudar os clientes a terem sucesso com a mudança”, afirmou, no primeiro dia da nova empresa.

“O nosso objetivo é gerar mais valor para os clientes, parceiros e acionistas, ao mesmo tempo proporcionando oportunidades de carreira atrativas para os nossos colaboradores”, acrescentou ainda.

A nova empresa tem 170 mil funcionários e opera em 70 países, com cerca de seis mil clientes corporativos e no sector público. Tem uma rede de 250 parceiros de tecnologia, desde a Amazon Web Services e SAP à Oracle e Microsoft, e bastante propriedade intelectual nos sectores de seguros, saúde e transporte.

Os responsáveis defendem que a fornecedora criou um modelo de operação diferenciado, que permite aos clientes terem uma experiência transparente em todo o processo de desenho, venda e entrega das soluções. As principais ofertas são soluções de nuvem, workload, plataformas, mobilidade, segurança, analítica, serviços aplicacionais, consultoria, BPO e software específico para verticais.

O mercado português estará integrado na região do Sul da Europa, uma das seis regiões em que a DXC vai dividir o mundo – além das Américas; Reino Unido, Irlanda e Israel; Norte e Centro da Europa; Ásia, Médio Oriente e África; e Austrália e Nova Zelândia.

Entre os clientes mais proeminentes da nova empresa estão a Coca-Cola e a United Airlines, que elogiaram publicamente as capacidades da DXC.

“Juntamente com os nossos parceiros, ajudamos os nossos clientes a dominarem o poder da inovação para criarem novos resultados de negócio”, afirmou ainda o CEO Mike Lawrie. O executivo sublinhou a importância da independência tecnológica, da extensa rede de parceiros e do talento da sua equipa. “Começamos o novo capítulo na nossa jornada sabendo que, coletivamente, cumprimos os desafios da inovação muitas vezes no passado, e avançamos com uma visão clara e confiante para navegar no futuro.”


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados