Partilhe nas Redes Sociais

EMC fecha ano fiscal sem sobressaltos

Publicado em 3 Fevereiro 2016 | 1025 Visualizações

A EMC Corporation fez as contas ao ano de 2015. Durante o exercício, a empresa gerou receitas GAAP e não GAAP no valor de 24,7 mil milhões de dólares e de 24,8 mil milhões de dólares, respetivamente, o que equivale a um crescimento de 1% em relação ao ano anterior (mais de 5% numa base cambial constante).

 

Por sua vez as receitas consolidadas no quarto trimestre de 2015 totalizaram os 7 mil milhões de dólares. O lucro líquido GAAP quarto trimestre de 2015 foi de 771 milhões de dólares, enquanto o lucro líquido Não-GAAP somou 1,3 mil milhões de dólares.

 

O cash flow operacional da empresa durante este período totalizou 1,9 mil milhões de dólares e o free cash flow foi de 5 mil milhões. A empresa terminou o último trimestre de 2015 com 14,8 mil milhões de dólares em caixa e aplicados em investimentos.

 

A receita de Information Infrastructure no quarto trimestre baixou 4% e no total do ano de 2015 a receita foi 2% abaixo do ano anterior. Na área do Armazenamento de Informação a receita do quarto trimestre baixou 4% em relação ao ano anterior e em todo o ano de 2015 a receita foi de menos 1%. O EMC XtremIO encerrou o ano com mais de mil milhões de dólares em receita. O resultado de VCE em 2015 teve uma taxa de execução superior a 3 mil milhões de dólares. O Virtustream encerrou o quarto trimestre com o maior volume de faturação da sua história.

 

A VMware no quarto trimestre e no ano de 2015 teve um crescimento da receita GAAP de 10% e 9% ano sobre ano, respetivamente. A receita Não-GAAP do último trimestre e do ano teve um aumento de 10% ano sobre ano. Os clientes da VMware continuaram a investir em soluções de Software-Defined Datacenter, Hybrid Cloud e End-User Computing.

 

A Pivotal somou uma receita acima dos 25% no quarto trimestre, em relação ao ano anterior. A Pivotal continua a sua transição para um modelo de negócio de licenciamento, com um revenue recorrente anual de até 40% em relação ao trimestre anterior, com forte desempenho em todas as geografias e áreas de produtos, enquanto continua a expandir a sua base de clientes em vários setores, incluindo os sectores Automóvel, Serviços Financeiros, Seguros, Retail e Telecomunicações.

 

De acordo com Joe Tucci, presidente e CEO da EMC, o quarto trimestre de 2015 representa o 24º trimestre consecutivo de crescimento. A empresa entregou cerca de 229 milhões de dólares aos acionistas, através de um dividendo trimestral.

 

Para 2016, o responsável garante que a empresa está bem preparada com «um portfólio forte com alguns dos avanços tecnológicos mais disruptivos na história».

 

O responsável sublinha também o potencial futuro gerado pela união EMC e Dell. «Acreditamos que a fusão das duas empresas é a melhor opção estratégica para todas as partes interessadas. Tenho o prazer de informar que os progressos em fechar a transação continuam no bom caminho, nos termos e cronograma originais», assume o CEO da EMC.


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados