Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Ementas digitais começam a chegar aos restaurantes com tecnologia portuguesa

Publicado em 19 Maio 2020 | 182 Visualizações

As empresas portuguesas têm concentrado esforços no desenvolvimento de soluções que ajudem a contornar as restrições impostas pela pandemia causada pelo novo coronavírus e quase todos os dias há novidades. A Zwypit é uma das últimas.

Trata-se de uma plataforma que permite aos restaurantes criarem ementas digitais partilháveis com o cliente através de links, que podem ser lidos com um QR Code, enviadas por SMS, e-mail, Whatsapp ou outra rede social.

Os empresários podem usar a ferramenta a partir de qualquer dispositivo com ligação à internet, o acesso é feito através do browser e sem necessidade de usar um software específico. Na prática têm acesso a um conjunto de slides com vários templates pré-feitos, que podem ser personalizados com a informação da respetiva ementa, mas também com outros dados que possam ser úteis para comunicar com o cliente, como campanhas, promoções, procedimentos para reservas, etc.

O serviço criado por dois empreendedores, Martim de Barros e Pedro Faria, é disponibilizado através de planos de subscrição, com valores a partir dos 7,5€ mensais por restaurante, ou de 55€ mensais para 10 restaurantes. Os promotores estimam que a solução esteja a ser usada por 400 restaurantes no prazo de um mês e por 1.200 espaços em dois meses.

Para já, estão na lista de clientes os espaços do grupo Grupo Pasta Non Basta, os restaurantes Prazeres da Carne, Pateo do Petisco – Torre, Pateo do Petisco – Mercado da Vila e Pateo do Guincho.


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados