Partilhe nas Redes Sociais

PUB

GMV: Innovating solutions in Cybersecurity

Ericsson testa 5G em Portugal

Publicado em 29 Setembro 2017 por Ntech.news | 104 Visualizações

A Ericsson vai fazer as primeiras demonstrações da tecnologia 5G em Portugal, em parceria com a Altice e a Vodafone. A fornecedora sueca prevê que a disponibilização comercial da próxima geração de comunicações móveis aconteça em 2020 e pretende liderar o processo.

É por isso que a tecnológica tem 36 memorandos de atendimento assinados com operadores por todo o mundo, o que inclui empresas a operar em Portugal. Os testes iniciais em território nacional serão feitos em Lisboa com a Vodafone e em Aveiro com a Altice.

O público português terá também a oportunidade de ver demonstrações de 5G durante o TechDays 2017, evento que é promovido pela Câmara Municipal de Aveiro e vai decorrer entre 12 e 14 de outubro. A Altice será a parceira da empresa nestas demonstrações durante o próximo mês.

«É com grande satisfação que realizamos as primeiras demonstrações da tecnologia 5G em Portugal, trazendo o futuro para o presente», congratula-se Pedro Queirós, presidente da Ericsson Portugal. “Estamos fortemente empenhados em dar continuidade ao nosso trabalho em inovação, contribuindo para a constante modernização das comunicações móveis em Portugal, desde que liderámos a introdução dos sistemas GSM em 1992.” O executivo acrescentou que a empresa está a trabalhar com as operadoras em testes enquanto prepara as redes para “uma transição suave” para o 5G.

Estes testes são importantes porque permitirão à Ericsson recolher informações e feedback para o desenvolvimento da tecnologia. O desenvolvimento da nova geração está a ser promovido por novos cenários de utilização que irão influenciar os consumidores e as indústrias. Entre esses cenários estão o advento de carros autónomos (que se esperam já para os próximos três a cinco anos), robôs controlados remotamente, drones com suporte para feedback tátil e acesso wireless fixo – que vai concorrer com a capacidade da fibra – no mercado residencial.

A tecnológica sueca, que vem trabalhando nisto há vários anos, quer garantir que o seu ecossistema 5G é o “mais robusto” do mercado.


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados