Partilhe nas Redes Sociais

Empresas do sector financeiro são as mais afetadas por ataques informáticos

Publicado em 20 Abril 2017 por Ntech.news - Rui da Rocha Ferreira | 1075 Visualizações

AIG relatório cibersegurança

A companhia de seguros norte-americana AIG fez uma análise aos ataques informáticos feito contra empresas da Europa, Médio Oriente e África (EMEA) entre 2013 e 2016. A partir deste estudo foi possível concluir quais foram, nos anos recentes, as tipologias de ataque informáticos mais comuns contra as empresas.

Dos dados apurados, 20% dos ataques estiveram relacionados com extorsão através de meios informáticos, categoria no qual se incluem os ataques de ransomware. Recorda-se que de acordo com outra investigação, feita pela Kaspersky, o ransomware é neste momento um dos maiores perigos no que diz respeito à segurança informática das empresas.

A segunda tipologia de ataque mais comum detetada entre 2013 e 2016 contras as empresas, representando 14% dos casos registados, está relacionado com a pirataria de dados confidenciais.

O top 5 fica concluído desta forma: as falhas de segurança e acessos não autorizados representaram 10% dos ataques, os vírus outros 10% e a negligência ou erro de colaboradores foram a porta de entrada para mais 8% dos ataques, revela a AIG em comunicado.

O estudo da empresa norte-americana também revela que as empresas do sector financeiro representaram, no total, 23% dos ataques sofridos, seguido pelas empresas de comunicação, média e tecnologia com 18% e pelo sector de retalho com 17%.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados