Partilhe nas Redes Sociais

Fábrica 5G da Sumol+Compal está a explorar realidade aumentada e IoT

Publicado em 11 Novembro 2021 | 70 Visualizações

A Sumol+Compal apresenta-se como a primeira fábrica 5G do país, com uma infraestrutura de comunicações móveis de próxima geração, a funcionar desde março nas instalações de Almeirim. O projeto resulta de uma parceria com a NOS e coloca no terreno tecnologias de realidade aumentada e IoT, para além de estar a aproveitar a conectividade rápida do 5G para ligar todas as linhas e obter informação em tempo real do processo de produção. 

No que se refere à utilização de realidade aumentada, a tecnologia está a ser aplicada às operações de manutenção preventiva das máquinas das linhas de enchimento e embalagem Tetra Pak, explicam as empresas.

As soluções NOS Augmented Worker e NOS Remote Support, que conjugam smart glasses e um smartphone 5G, permitem à equipa de manutenção no chão de fábrica, aumentar a eficiência dos processos, facilitar o diagnóstico de problemas e diminuir o tempo de paragem das máquinas. 

Com a solução Augmented Worker os técnicos têm acesso a manuais de procedimentos e guias interativos, através de realidade aumentada. Já a solução NOS Remote Support permite o suporte remoto de especialistas, através de vídeo e com anotações de realidade aumentada em tempo real. 

Ao evitar a deslocação física de quem fornece suporte técnico à fábrica, a solução também permite economizar tempo e recursos, sublinham as empresas, bem como diminuir significativamente erros e o tempo de execução dos processos, permitindo, por exemplo, a transferência imediata de informação para o software de manutenção, sem ter de recorrer a suportes em papel. 

As soluções foram implementadas no âmbito de um projeto de transformação digital, que também prevê a sensorização da fábrica, que anualmente processa 25 mil toneladas de fruta e ocupa uma área de 70 mil metros quadrados, com dispositivos IoT e a monitorização constante dos indicadores de performance nas linhas de produção. 

«A tecnologia 5G vem transformar as regras do jogo. Este projeto utilizará a tecnologia 5G para impactar o funcionamento das nossas linhas de produção da fábrica de Almeirim ao permitir tratar  informação em tempo real e agir com celeridade, nomeadamente na deteção e correção dos estrangulamentos existentes», explica o administrador da fábrica Jaime Alves Cardoso. 


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados