Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Ferramentas para facilitar o trabalho a partir de casa…agora em modo gratuito

Publicado em 23 Março 2020 por Cristina A. Ferreira - Ntech.news | 1116 Visualizações

Nas últimas semanas várias empresas decidiram dar o seu contributo para facilitar a mudança forçada de hábitos de milhões de pessoas em todo o mundo, que depois da chegada massiva do novo coronavírus continuam a ir todos os dias para o trabalho, mas agora sem sair de casa. 

São várias as ferramentas e plataformas tecnológicas que passaram a estar disponíveis gratuitamente durante as próximas semanas ou meses e hoje juntamos aqui algumas delas. A maioria são uma boa ajuda para estreitar distâncias e fomentar a colaboração entre equipas. 

Diggspace: partilhar conteúdos num mesmo espaço virtual 

A plataforma Diggspace é um dos exemplos. A borla tem uma duração de três meses e dirige-se a instituições de ensino, de saúde e a empresas. A Diggspace, desenvolvida pela Create IT, é uma plataforma para a criação de intranets, que integra com o Office 365 e que foi recentemente renovada, como o Ntech.news noticiou.  

Agora, «será disponibilizado um ambiente estruturado em ‘canais’ onde os profissionais poderão colocar os conteúdos relevantes para a sua área de responsabilidade», (ex. direção, departamento, serviço, etc.), bem como canais transversais (ex. “Covid-19”)», explica a empresa. 

Os conteúdos que os utilizadores ali disponibilizam podem ter diferentes formatos, como texto, com ou sem imagens, ou áudio. E cada conteúdo pode ser dinamizado de diferentes formas, seja com a integração de vídeos, documentos, questionários, etc. 

Ricoh abre acesso a plataforma de videoconferência 

A Ricoh decidiu oferecer acesso gratuito e ilimitado a videoconferências, durante 30 dias, através da sua plataforma Ricoh UCS Advanced. «Trata-se de uma solução ideal para equipas e organizações que procuram uma colaboração de vídeo rápida e simples a qualquer escala, que não requer suporte técnico para começar», assegura a empresa. 

A tecnológica adianta ainda que a solução pode ser usada em reuniões internas ou externas, ligando cada um dos participantes através de um link. Os novos utilizadores do serviço ganham ainda acesso a uma sessão de acompanhamento gratuita, onde podem aprender a usar a ferramenta e receber um conjunto de recomendações sobre teletrabalho. Disponível aqui.

Webex da Cisco ganha versão gratuita mais generosa

Também a Cisco decidiu melhorar as funcionalidades da versão gratuita da sua plataforma de colaboração, a Webex. De 50 participantes por sessão e uma duração máxima de 40 minutos, a solução passou a aceitar até 100 utilizadores em simultâneo e os limites de tempo à duração das sessões foi temporariamente removido. 

Google Hangouts Meet para todos os utilizadores G-Suite

O contributo da Google para um teletrabalho mais colaborativo passou por abrir acesso a todas as funcionalidades do Hangouts Meet, a plataforma de videoconferência profissional da empresa, a todos clientes do pacote de soluções de produtividade G-suite. 

O G-suite é um pacote de ferramentas pago. Quem já usa, pode agora tirar partido do Hangouts Meet como se subscrevesse a versão Enterprise, quem não usa mas gostava de experimentar, pode aproveitar os 14 dias grátis.

O Hangouts Meet suporta reuniões até 250 pessoas na mesma chamada, que podem ser gravadas no Google Drive e permite streaming ao vivo para uma audiência até 100 mil espectadores. Até julho pode ser usado gratuitamente por qualquer cliente G-suite. 

Microsoft Teams – colaborar à distância sem barreiras

A Microsoft está a dar acesso gratuito à plataforma Microsoft Teams durante seis meses. No site explicou entretanto que há diferentes formas de usar a plataforma. Freelancers, estudantes, e utilizadores finais, já com um email de trabalho ou escola com o Office 365, podem aceder ao Teams através deste link.

Quem usa emails não profissionais (Sapo, Hotmail ou Outlook), deve fazer o acesso através deste link. Já empresas que não tenham licenças Microsoft, mas tenham interesse na oferta «podem entrar em contacto com um dos parceiros especializados em Portugal para implementarem o Office 365 E1 e o Teams gratuitamente», esclarece a empresa. Por esta via garantem acesso a licenças gratuitas das aplicações para seis meses.  

Galileu facilita trabalho com Microsoft Teams

A complementar esta oferta da Microsoft, a Galileu, empresa de formação do grupo Rumos, disponibilizou também sem custos, acesso a um programa de formação em Microsoft Teams para fazer, claro, sem sair de casa em e-learning. 

O formato Live Training da Galileu dá acesso a formação remota ministrada em tempo real e com possibilidade de interação com o formador. A oportunidade está disponível a partir de dia 24 de março, esta terça-feira, mediante registo

SAP Ariba Discovery, para ligar quem vende e quem compra 

A alemã SAP também se juntou às borlas e durante 90 dias abre o acesso ao seu sistema SAP Ariba Discovery, «uma rede de negócios onde os compradores podem solicitar propostas para as suas necessidades imediatas de abastecimento e as empresas fornecedoras, de todo o mundo, podem responder com a sua capacidade de fornecimento dos bens e serviços necessários», resume a empresa. 

O acesso a esta rede de negócios da SAP vai permitir, mesmo às empresas que não usam o SAP Ariba para gerir as suas cadeias de abastecimento, ligar-se facilmente a fornecedores, para dar eficiência a processos de compras e minimizar falhas, numa altura em que o equilíbrio entre oferta e procura, em muitos sectores, se transformou radicalmente. No SAP Ariba Discovery estão mais de quatro milhões de fornecedores em cerca de 190 países. Em Portugal há 12 mil empresas registadas. 

CEGOC tem webinars gratuitos 

Uma das primeiras iniciativas gratuitas a surgir nos últimos dias chama-se Keep Calm & Start Learning e é promovida pela CEGOC. Materializa-se em webinars de acesso gratuito sobre temas diversificados. Os primeiros quatro visaram áreas como as práticas Agile e a sua eficácia no trabalho à distância; gerir equipas remotamente ou programas de aprendizagem à distância. 

Já foram disponibilizadas mais quatro, que vão focar as medidas extraordinárias de apoio às empresas, colaboração remota ou desenvolvimento de produtos em contexto de incerteza. Os detalhes sobre cada uma das sessões estão no site da empresa, aqui, bem como as datas. Há um senão, cada sessão tem uma audiência máxima de 100 pessoas e as inscrições já estão esgotadas, mas a CEGOC vai disponibilizar o conteúdo. 

A empresa de formação disponibiliza ainda gratuitamente três Módulos Digitais Interativos, que exploram novas formas de utilizar soluções digitais de Smart Learning. Os temas são: O impacto das emoções no local de trabalho (dois módulos), Gerir o stress para ganhar tempo, Dar feedback construtivo. O modelo de acesso é igual ao dos webinars. 

ANSOL: software livre para facilitar trabalho remoto e digital

A  Associação Nacional para o Software Livre, a ANSOL, e a Comunidade Ubuntu Portugal também juntaram esforços para elaborar uma lista de software livre e gratuito, que nestes tempos de novos hábitos podem ser um contributo importante para manter velhas rotinas. 

As sugestões estão compiladas neste site e dirigem-se, sobretudo a alunos, professores e unidades de ensino. Fazem parte deste artigo porque muitos dos que por estes dias estão a trabalhar em casa têm consigo os filhos e precisam de assegurar o melhor equilíbrio possível entre trabalho e família e novas ferramentas digitais podem ser uma boa ajuda.  

Se quer aproveitar o tempo do isolamento social também para aprender mais e diversificar conhecimentos, veja as nossas sugestões de webinars gratuitos e de cursos para fazer totalmente online e sem sair de casa.


Publicado em:

AtualidadeEspeciais

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados