Partilhe nas Redes Sociais

Flexibilidade continua a atrair recursos

Publicado em 20 Fevereiro 2024 por Ntech.News | 171 Visualizações

A Damia Group Portugal e a Coverflex lançaram um benchmark sobre os salários no setor tecnológico em Portugal. Os insights e as tendências de emprego no setor foram apresentados no evento online, realizado em 15 de fevereiro.

As conclusões do estudo destacam uma estabilização do mercado salarial em 2023, após um aumento significativo nos salários em 2022. Estabilização essa, muitas das vezes suportada por questões da lei da “procura oferta” e de uma maior disponibilidade de profissionais no mercado devido aos lay offs recentes nas Tecnológicas. Além disso, continuou a haver uma crescente procura por profissionais em áreas como Inteligência Artificial e machine learning e consequentemente, por software developers especializados na tecnologia Python que é uma frequente nestes domínios. Em contrapartida, registou-se menor procura de software developers de frontend mantendo-se, o domínio da tecnologia React, ainda que não se verifiquem diferenças salariais a este nível.  

Desafios na captação de talentos

O estudo também analisou as políticas de trabalho adotadas pelas empresas, com um movimento de regresso ao escritório em 2023. As empresas com políticas rígidas de trabalho presencial enfrentaram dificuldades na captação de talentos, o que se traduz na necessidade de implementarem políticas de trabalho flexíveis. Nesse contexto desafiador, os profissionais do setor tecnológico tendem a procurar oportunidades que ofereçam flexibilidade e estejam alinhadas com suas preferências e competências.


Publicado em:

Talento

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados