Partilhe nas Redes Sociais

Formação intensiva e emprego nas TI: a proposta é do UPSkill que já recebe inscrições

Publicado em 9 Julho 2020 | 485 Visualizações

As candidaturas à primeira edição do programa UPSkill – Digital Skills & Jobs já arrancaram e traduzem uma oportunidade de formação e emprego nas TI para quem tem o ensino secundário completo, ou formação universitária, e está no desemprego ou em situação precária. 

O objetivo da iniciativa é promover a reconversão de competências, em linha com as necessidades das empresas que se associarem ao programa, desenvolvido em parceria pela Associação Portuguesa das Comunicações, Instituto de Emprego e Formação Profissional e Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos.

Os participantes garantem uma formação intensiva de seis meses, em áreas como a programação Java, Phyton, gestão de plataformas cloud ou programação low-code e três meses de formação em contexto de trabalho. Durante este período têm um subsídio de apoio de valor igual ao do salário mínimo. Depois deste período, os formandos serão inseridos em empresas com um salário mínimo de 1.200 euros.

A formação arranca em setembro e concretiza os objetivos de um acordo assinado em março passado pelos três fundadores do projeto, durante a uma conferência da INCoDe.2030, a iniciativa Nacional em Competências Digitais que encerra um conjunto de metas e objetivos ligados à capacitação para as TI para a próxima década. 


Publicado em:

Talento

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados