Partilhe nas Redes Sociais

Fundação do Gil alavanca transformação digital com tecnologia InnoTech

Publicado em 4 Outubro 2023 | 586 Visualizações

A InnoTech implementou uma plataforma para automatizar a gestão de toda a atividade da Fundação do Gil, desde a admissão das crianças até aos processos judiciais e escolares, faznedo ainda o controlo do dia a dia.

Trata-se de um projeto de transformação digital a 360º «que veio eliminar o desgastante, complexo e moroso trabalho manual baseado em papel», conforme se explica em comunicado, ao mesmo tempo que permite ainda o foco no que realmente importa «cuidar do bem-estar, desenvolvimento e reintegração das crianças vulneráveis que acolhe».

Denominado TechGil, o projeto concretizou-se através do voluntariado de competências técnicas dos profissionais da InnoTech, tendo sido criada uma equipa multidisciplinar para o desenvolvimento da aplicação web em OutSystems e suportada por uma infraestrutura em Azure da Microsoft.

Ambas as empresas acabaram por se associar a esta iniciativa com a cedência da sua tecnologia sem quaisquer custos para a Fundação do Gil.

«Inicialmente, a principal expectativa era a de abraçarmos uma visão mais sustentável e, acima de tudo, centralizarmos toda a informação das crianças acolhidas na Casa do Gil numa plataforma segura, eficaz, escalável e intuitiva», refere André Morna, diretor técnico da Fundação do Gil.

Composta por valências de análise, pesquisa, desenvolvimento e testagem, a equipa da InnoTech efetuou várias visitas à Fundação do Gil para sentir de perto as necessidades e os desafios que os assistentes sociais enfrentavam diariamente.

«Os processos estavam assentes em documentos físicos, que, por um lado, consumiam recursos e, por outro, não permitiam, de uma forma célere, simples e centralizada, aceder ao processo de cada criança. Com o lançamento do projeto GilTech, demos aos técnicos da Fundação ‘tempo’ para se concentrarem nas crianças e não na burocracia», explica José Padre Eterno, CEO e fundador da InnoTech.

O GilTech possibilita uma rápida introdução e atualização de dados e informações relativas às crianças que estão à guarda da Casa do Gil. Na sua conceção, foi considerada a fácil utilização, independentemente do grau de conhecimento de ferramentas informáticas. Uma das maiores vantagens do projeto é a eliminação do papel como registo primordial, tornando a atividade mais sustentável, e o fácil acesso a uma única fonte de conhecimento com todas as informações relevantes à Casa do Gil.

«A plataforma vem servir, essencialmente, o trabalho da Casa do Gil, Casa de Acolhimento de crianças e jovens dos 0 aos 12 anos, concretizando-se numa solução para a gestão de utentes e permitindo à Fundação acompanhar os avanços tecnológicos num projeto pioneiro sustentado numa visão pragmática e ecológica», destaca o diretor técnico da Fundação do Gil.

O Projeto GilTech contou com a disponibilidade de vários colaboradores da InnoTech, das mais diversas áreas de atuação. Entre profissionais de programação, desenho e arquitetura, gestão de projeto e produto, bem como análise e Q&A, foram mais de 15 envolvidos nas várias fases de maturidade.

«Foi um projeto totalmente pro bono, contando com a boa vontade, solidariedade e responsabilidade que cada participante sente ter na sociedade», conclui José Padre Eterno.


Publicado em:

Projetos

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados