Partilhe nas Redes Sociais

GMV e CyberArk formalizam parceria na área da segurança informática

Publicado em 22 Novembro 2017 por Ntech.news - Rui da Rocha Ferreira | 497 Visualizações

GMV CyberArk

Já ouviu falar de Ransomware as a Service? E dos mega-ataques Petya e WannaCry? Sabia que no futuro olhar para a conta da eletricidade vai ser uma forma de saber se está a ser alvo de um ataque informático? Estes são apenas alguns exemplos de como tem evoluído o panorama do crime informático: está mais profissional, mais sofisticado e mais perigoso do que nunca.

Grandes problemas exigem novas soluções e é nesse sentido que a GMV e a CyberArk apresentam a sua parceria. Ambas as empresas já têm serviços especializados no segmento da segurança informática, mas consideram que terão mais a ganhar colaborando juntas.

Se a GMV do seu lado garante assessoria técnica em controlo de identidades e acessos, já a CyberArk foca o seu trabalho na segurança em contas com privilégios. Unindo estes dois elementos, a GMV vai daqui em diante fazer a implementação de soluções CyberArk nos clientes que procuram maior proteção contra ameaças informáticas.

«Graças às soluções da CyberArk, podemos oferecer uma resposta integral para o problema da gestão dos utilizadores com privilégios, o que começa com uma consultoria e termina numa implementação correta das medidas necessárias», explica em comunicado o responsável pelo desenvolvimento de negócios de cibersegurança da GMV Secure e-Solutions, Javier Zubieta.

«A nossa aliança com a GMV representa um passo importante para continuar a consciencializar o público sobre a segurança das contas com privilégios. (…) Os ataques contínuos dirigidos aos dados mais valiosos dentro das organizações significam que a cibersegurança continuará a constituir um problema vital», referiu por sua vez o diretor de canais da CyberArk para a EMEA, Gil Fromovitch.

Recorda-se que a segurança informática tem sido uma área prioritária para a GMV que recentemente também anunciou um reforço da parceria com a Imperva, especialista norte-americana em cibersegurança. O reforço do posicionamento nos mercados do sul da Europa foi um dos principais objetivos desse acordo.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados