Partilhe nas Redes Sociais

GMV monitoriza fatores ambientais via IoT

Publicado em 12 Dezembro 2017 por Claudia Sargento | 418 Visualizações

Os avanços tecnológicos relacionados com a Internet das Coisas (IoT na sigla em inglês) proporcionam novos meios para monitorização de valores ambientais com menores custos e com eficácia equivalente aos sistemas usados atualmente.

Na realidade, o compromisso da GMV com o ambiente materializa-se em diferentes projetos, como é o caso da monitorização da qualidade do ar e da água para a Junta da Andaluzia, ou o desenvolvimento de uma das calculadoras de carbono “My2050” para a Colômbia, entre outros.

A GMV alargou ainda o seu leque de serviços a áreas como a agricultura e as alterações climáticas ao  combinar estas soluções IoT com informação oriunda de diferentes sensores e dados espaciais de observação da terra.

Nesse sentido, a empresa terminou recentemente um projeto para controlo da qualidade da água com a utilização da sua solução IoT SEMs, assegurando ao Conselho do Ambiente e Ordenação do Território da Junta de Andaluzia «poupanças significativas no consumo elétrico e nos custos de comunicações, assim como a otimização do trabalho dos seus técnicos reduzindo-lhes as visitas ao terreno», segundo anunciou em comunicado.

A este propóstio, Ángel Cristóbal Lázaro, perito em tecnologias M2M na GMV, recordou que «o reduzido custo dos equipamentos de medição de qualidade da água utilizados na plataforma, permite um melhor controlo da rede hídrica com um custo de manutenção muito ajustado».

Torna-se assim mais fácil para as  autoridades competentes o cumprimento da Directiva 98/83/CE sobre a qualidade das águas destinadas ao consumo humano.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados