Partilhe nas Redes Sociais

PUB

GMV preparada para conquistar mercado norte americano

Publicado em 1 Março 2018 por Ntech.news - Luísa Dâmaso | 339 Visualizações

A conclusão da operação de compra da norte americana Syncromatics, que estava em cursos desde 2015, era o passo que faltava para a GMV consolidar a estratégia de crescimento pensada para o mercado norte americano.

Concluída a aquisição, as soluções SaaS (Software as a Service) da Syncromatics e os sistemas de gestão de frotas (SAE) e soluções integradas de emissão de bilhetes (ticketing) da GMV passam a ser disponibilizadas de forma integrada, criando-se sinergias que permitirão somar projetos no mercado global de Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS).

Atualmente a Syncromatics fornece as suas soluções de sistemas inteligentes de transporte a mais de 130 operadores e autoridades de transportes públicos em 26 estados da União. Entre os seus clientes mais destacados e mais recentes encontra-se o Departamento de Transportes da Cidade de Los Ángeles (LADOT), a Autoridade dos Transportes da Região Metropolitana de Los Angeles (LA METRO), a MV Transportation, o condado de Ventura do Estado da Califórnia, a Victor Valley Transit Association na California e a cidade de Maui no Hawai, entre outras.

A espanhola GMV assegura a área de sistemas ITS para a gestão dos transportes públicos urbanos e ferroviários, tendo implantado as suas soluções em mais de 34 mil veículos distribuídos por 30 países. As tecnologias de emissão de bilhetes da GMV foram implantados em mais de 275 projetos no mercado espanhol, destacando-se clientes como os Transports Metropolitans de Barcelona (TMB), ALSA, AVANZA, Vectalia, RENFE, ALSTOM ou Talgo entre outros. A nível internacional, os sistemas ITS da GMV estão presentes em mais de 11 países, entre os quais se destacam a Austrália, Chile, Marrocos, Malásia, México, Polónia, Suécia e Uruguai. Atualmente a empresa está a finalizar com sucesso o projeto de modernização dos transportes públicos do Chipre, o projeto de quase 400 caixas no metro de Santiago do Chile, assim como a implantação do sistema de ajuda à exploração para a nova linha de elétrico de Sidney.


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados