Partilhe nas Redes Sociais

Mais de 20% do negócio da GSTEP tem origem nos mercados internacionais

Publicado em 21 Setembro 2017 por Ntech.news - Rui da Rocha Ferreira | 518 Visualizações

GSTEP resultados

A tecnológica especializada em soluções de Business Intelligence (BI) e Enterprise Project Management (EPM) atingiu um volume de negócios de 2,5 milhões de euros durante os primeiros seis meses do ano. Segundo o comunicado da empresa, o valor está em linha com as previsões traçadas, mas há elementos a destacar nestes resultados.

O primeiro é o facto de a GSTEP ter superado as suas expectativas no que diz respeito à angariação de novos clientes. O segundo diz respeito ao peso que o negócio oriundo de mercados internacionais tem nas contas globais da empresa – já representa mais de 20% da faturação. Espanha, Angola e Moçambique é onde têm sido feitas as maiores apostas.

Fruto dos resultados conseguidos no primeiro semestre de 2017, os objetivos da GSTEP para o resto do ano mantêm-se inalterados. A tecnológica ambiciona atingir os cinco milhões de euros de faturação no final do ano, um valor que já atingiu no ano de 2016.

Seguros, transportes e área da saúde foram segmentos de mercado nos quais a empresa cresceu nesta primeira metade do ano. Os serviços de Business Intelligence continuam a ser um dos principais ‘cartões de apresentação’ da tecnológica, mas os serviços na área de EPM mostram uma tendência de crescimento.

«A GSTEP conquistou novos clientes e reforçou a posição de especialista no mercado de BI, tendo continuado o reforço de parcerias com empresas nacionais e internacionais não especializadas em BI. (…) Estas parcerias levaram-nos a novos clientes, com grande sucesso para as várias partes envolvidas, pelo que continuamos a acreditar que esta é uma fórmula de futuro», salientou em comunicado o diretor executivo da GSTEP, Carlos Cardoso.

A fase positiva que a empresa tem atravessado permite igualmente expandir a equipa. Em 2017 já foram realizadas 12 novas contratações e até ao final do ano a GSTEP quer aumentar novamente a equipa. A empresa procura profissionais juniores e seniores que trabalhem na área de Business Intelligence e sejam especialistas em tecnologias Oracle, MicroStrategy, SAS, Microsoft e Qlikview.


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados