Partilhe nas Redes Sociais

Hospital do Funchal está a usar 5G para assistência remota e formação 

Publicado em 22 Junho 2022 | 22 Visualizações

A NOS implementou uma solução de apoio remota aos profissionais de saúde no hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal. A capital da ilha da Madeira já começou a ser servida pela rede 5G da operadora, que avançou agora com este projeto para potenciar o uso da infraestrutura, numa parceria com a Johnson & Johnson MedTech. 

A solução de assistência remota permite estabelecer uma ligação de vídeo de alta-definição 4K entre profissionais de saúde em localizações distintas e funciona com apoio de smartglasses. 

Uma das principais vantagens deste tipo de soluções é trazer para as unidades que o usam o acesso permanente a um apoio especializado para diferentes áreas, que passa a poder ser dado remotamente mas em tempo real e não apenas quando a unidade de saúde tem os recursos necessários fisicamente disponíveis.

Para já, a solução foi implementada nas áreas de Hemodinâmica e no Centro de Simulação Clínica do Hospital e vai servir também para responder a necessidades de formação médica e treino hospitalar. 

Uma das aplicações práticas da solução, já testada em ambiente real, foi o acompanhamento por um especialista em Lisboa da ablação de uma taquicardia supraventricular, realizada no hospital do Funchal. Nesta situação em concreto foram usados dois smartglasses Vuzix e dois hotspots 5G. 

Nesta área da saúde, a NOS revela que está também a trabalhar em projetos para a monitorização em internamento domiciliário, através de sensores, e com soluções de remote healthcare, para colaboração médica à distância.


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados