Partilhe nas Redes Sociais

PUB

HP e Deloitte em aliança para levar transformação digital à manufatura

Publicado em 29 Agosto 2017 por Ntech.news - Ana Rita Guerra | 364 Visualizações

HP Deloitte Manufatura

A HP e a Deloitte anunciaram uma aliança global para levar a transformação digital à indústria de manufatura – um mercado avaliado em 12 mil milhões de dólares. Enquanto a tecnológica usará o seu portfólio de impressão 3D, a consultora contribuirá com os seus serviços profissionais de reinvenção digital. O objetivo é ajudar os clientes a acelerarem o design de produto, intensificar a produção, criar cadeias de fornecimento mais flexíveis e otimizar o ciclo de vida de fabricação.

As duas empresas vão colaborar na implementação dos sistemas de impressão 3D da HP em ambientes de produção em larga escala, o que deverá ajudar em processos de inovação e reduzir custos e desperdícios.

«A quarta revolução industrial já começou. Nenhum sector da economia global está a passar por uma transformação tão radical quanto o mercado de manufatura, avaliado em 12 mil milhões de dólares», sublinha Dion Weisler, presidente e CEO da HP. O executivo acredita que as empresas que investirem em reinvenção digital estarão preparadas para superar as concorrentes. «Com base na nossa tecnologia de impressão 3D disruptiva, estamos, juntamente com a Deloitte, focados em ajudar os clientes a transformar e vencer nesta nova era.»

A aliança vai combinar as ferramentas de impressão 3D Jet Fusion e o ecossistema de parceiros da HP com o alcance global de clientes, relacionamentos de produção e experiência na transformação de cadeia logística da Deloitte.

«A digitalização das operações e práticas globais de produção afetará empresas e consumidores em todo o mundo e a impressão em 3D desempenhará um papel importante na mudança fundamental da manufatura como a conhecemos», indica Punit Renjen, CEO da Deloitte Global. «Esta aliança engloba duas marcas excecionais e reúne a plataforma de impressão 3D líder da HP com a experiência de produção digital e o alcance global de clientes da Deloitte», conclui.

A impressão 3D na indústria tem várias vantagens: potencial de reduzir custos, aumentar a velocidade de produção e a flexibilidade, minimizar limites de distribuição e criar mercados novos em todo o mundo. A HP tem conquistado alguns clientes de relevo neste segmento, incluindo o grupo BMW, a Johnson & Johnson e a Nike, e pretende cimentar essa posição em coordenação com a Deloitte. O seu ecossistema dedicado ao sector da manufatura é alargado e inclui empresas de engenharia e software, como a SAP, a Siemens, a Austodesk e a Materialize.

Tony Hemmelgarn, CEO da Siemens PLM Software, refere que esta aliança irá criar maiores oportunidades para transformar digitalmente a indústria de manufatura global. «Vemos um enorme potencial na próxima geração de design de produto, engenharia, fabricação e inovações de negócios», refere o responsável.

Na fase inicial, a aliança começará nos Estados Unidos e irá depois expandir-se para outras geografias. Entre os serviços conjuntos oferecidos incluem-se gestão de impressão, dispositivo como serviço (DaaS), mobilidade comercial e cibersegurança da HP.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados