Partilhe nas Redes Sociais

Roadshow Huawei leva cloud e VR pelo país

Publicado em 3 Julho 2017 por Claudia Sargento | 1828 Visualizações

O Huawei Network Roadshow 2017 passou pelas cidades de Braga, Porto e Lisboa com o intuito de apresentar aos clientes portugueses as soluções de cloud e VR disponibilizadas pela Huawei no mercado nacional.

Em dois espaços distintos, um mais virado para a oferta de redes e um outro vocacionado para as soluções de IT puro, foi possível tomar contacto com a oferta da empresa chinesa num roadshow que girou em torno do tema “All-Cloud Network, Enable Digital Transformation”.

De acordo com Bruno Santo, sales director da Huawei Enterprise Business Group Portugal, «hoje em dia a transformação digital está a mudar a um ritmo sem precedentes». Dados da IDC dão conta que 64 por cento das empresas globais estão a ser pioneiras na transformação digital, sendo que «as organizações precisam realizar atualizações digitais centradas na agilidade e inteligência, usando inovações técnicas como a cloud, SDN e big data».

O Huawei Network Roadshow 2017 «propõem-se explicar como podemos ajudar a responder a estas questões de forma inovadora e eficiente» referiu o mesmo responsável.

Assim sendo, na área de redes, foi possível tomar contacto com a nova oferta de cloud Huawei disponível em Portugal como é o caso do conceito Cloud Campus que permite a gestão de diferentes routers, por exemplo.

No âmbito do hardware puro, a Huawei apresentou um  conjunto de antenas indoor e outdoor, as ultimas «resistentes à chuva e a diferentes condições meteorológicas». Uma destas antenas surge «especialmente vocacionada para implementação em estádios», conforme explica Paulo Araújo, IP Solutions Manager da Huawei Portugal. Na verdade, trata-se de «antenas direcionais, que permitem dar cobertura a um grande conjunto de pontos nas bancadas». A solução está já a funcionar «no Dortmund e foi também realizado um projeto piloto com o Benfica» num jogo da Liga dos Campeões, conforme referiu o mesmo responsável.

A Huawei deu ainda a conhecer algumas soluções para a industria, como é o caso do acess point para a ferrovia: «Pode ser colocado dentro do comboio e é um equipamento muito robusto e que equilibra eficazmente a trepidação deste meio de transporte».

Por seu lado, um segundo espaço contava com soluções dedicadas ao IT, sendo o grande focus assegurar um conceito de «service delivered» explicou Rui Fialho, da Huawei. A empresa apresentou aqui a sua oferta própria para storage, servidores e ainda software como o FusionSphere e o Manage One.

Em termos de storage, conta com soluções como o Dorado V3, o 18000/6000 V3 e o 5000/2000 V3 assim como o Fusion Storage. Foi ainda apresentado um pequeno disco – que cabe na palma da mão – mas com capacidade de armazenamento de 32 TB.

Do lado dos servidores, destaque para o X6800, uma máquina de alta densidade e com placas de rede independentes. Foi também apresentado o servidor KunLun especialmente vocacionado para questões mission critical que começa com 8 CPUs e pode escalar até aos 32.

A Huawei aproveitou ainda a oportunidade para demonstrar o sistema FusionSphere e o FusionInsight Big Data Plataform.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados