Partilhe nas Redes Sociais

Huawei pretende cimentar posição na transformação digital portuguesa

Publicado em 22 Março 2017 por Luisa Dâmaso | 1086 Visualizações

Quando em dezembro lançou o primeiro Huawei Portugal Innovation & Experience Center, a Huawei pouco adiantou do que seria este centro. Inaugurado com pompa e circunstancia pelo Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, pelo Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, e pelo Embaixador da China em Portugal, Cai Run, entre outros ilustres, este Centro erguia como bandeiras a promoção da inovação e a tecnologia de última geração da Huawei para sustentar a indústria local e o ecossistema de parceiros em todas as iniciativas de transformação digital.

Três meses passados, Chris Lu, general manager da Huawei Tech Portugal, explicou ao Ntech.news que este investimento é 100% Huawei e está alinhado com a estratégia da empresa no nosso país, que passa por continuar a crescer de forma sustentável, acima dos dois dígitos percetuais.

Ntech.news –  Qual o investimento feito neste centro?

Chris Lu – O investimento no Huawei Portugal Innovation & Experience Center consiste em dotar o mesmo com tecnologia Huawei de última geração, desde redes móveis 4.5G/5G, redes IP/Transmissão Ótica que permitem atingir débitos superiores a 1Tbps e infraestrutura IT com plataformas Big Data com também em oferecer um  espaço local de experimentação e formação onde novas soluções Huawei como, por exemplo, as de SmartCity e de Safe City, nomeadamente os sistemas de videovigilância que complementamos com sistemas de análise de vídeo avançadas que permitem a deteção facial bem como o rastreio de veículos, possam ser demonstradas.

É um investimento 100% Huawei?

O investimento foi realizado totalmente pela Huawei, como acontece normalmente em todos os investimentos na nossa operação. Este investimento demonstra o compromisso que a Huawei tem com as suas operações locais, nomeadamente com Portugal.

Qual a dimensão do centro? Quantas pessoas estarão alocadas ao centro e em que funções?

O Huawei Portugal Innovation & Experience Center pretende ser um ativo com o objetivo de complementar a atual operação da Huawei em Portugal, permitindo um maior contacto por parte dos nossos clientes e parceiros com a tecnologia Huawei, bem como aproximar a empresa da comunidade e das instituições educacionais e de ensino, nomeadamente universidades, fornecendo assim todos os recursos necessários para formação e certificação de profissionais e recém-licenciados nas tecnologias Huawei. Todos os colaboradores da operação em Portugal irão estar alocados ao centro de uma forma direta ou indireta, uma vez que o mesmo fará parte integrante da operação a nível nacional.

Quais os objetivos traçados para o primeiro semestre de atividade do Centro?

Os objetivos da Huawei passam por um crescimento sustentável, acima dos 2 dígitos percetuais, em linha com o que tem sido conseguido ao longo da última década em Portugal. Na unidade de negócio de Carrier Network, pretende-se reforçar a nossa parceria com os principais operadores nacionais, solidificar a cooperação nas áreas de referência onde atuamos: FTTx, 2/3/4G, Transmissão e IP, bem como alargar o nosso âmbito de atuação a novas áreas em Portugal como é o caso das redes CORE, plataformas de IPTV, BSS e Managed Services. Na componente IT temos já algumas referências interessantes a nível nacional na área dos Servidores x86 e Storage, com o principal objetivo de reforçar e crescer de forma sustentada. Na unidade de negócio de Consumo, iremos ter novidades no portfolio e é o nosso objetivo mantermos a tendência de crescimento do market share e consolidar a nossa posição no mercado nacional, construindo uma relação de confiança com os consumidores e assumindo um papel de liderança tanto do ponto de vista tecnológico como do ponto de vista do design e da inovação dos nossos produtos. Por fim, a unidade de negócio empresarial, pretende consolidar a sua rede de parceiros e integradores, baseada numa operação por verticais, oferecendo soluções inovadoras e disruptivas para os vários sectores: Financeiro, Transportes, Governo e Administração Pública, Ensino, Saúde e Energia.

Anunciaram a colaboração com universidades. Em que medida será executada e com que instituições? Já existem acordos?

A Huawei irá colocar ao dispor, das universidades, ao abrigo do programa HAINA( Huawei Authorized Information Network Academy), recursos que permitem a interação, formação e certificação sobre a tecnologia da Huawei, bem como tecnologia ICT. Desta forma, as universidades irão disponibilizar aos seus alunos, formação com prática hands on, dotando-os de conhecimento e experiencia extremamente útil para o mercado de trabalho, transformando o conhecimento teórico em prático. Já existem alguns acordos com Universidades neste âmbito, nomeadamente com a Universidade de Évora e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.


Publicado em:

Na Primeira Pessoa

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados