Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Huawei «rouba» lugar à Apple no top mundial de fabricantes

Publicado em 30 Agosto 2018 | 145 Visualizações

Huawei

No segundo trimestre do ano, a chinesa Huawei conseguiu alcançar o segundo lugar no top mundial de vendas de telemóveis, um lugar que pertencia à Apple. Segundo os números apurados pela Gartner, a Huawei terá vendido 49,8 milhões de telemóveis entre abril e junho. Na mesmo período, a Apple ficou-se pela comercialização de 44,7 milhões de unidades.

Os números traduzem uma quota de 13,3% para a Huawei e uma quota de mercado de 11,9% para Apple. Há um ano, a primeira controlava 9,8% do mercado e a segunda 12,1%, trocando de posições. O top 5 mundial continua a ser liderado pela Samsung e fecha com outros dois fabricantes chineses: a Xiaomi (que vendeu mais 12 milhões de telemóveis no segundo trimestre deste ano, comparativamente ao ano anterior) e a Oppo.

Os dados agora revelados pela Gartner vêm confirmar uma informação a que outra consultora, a Counterpoint, já tinha chegado, no que se refere ao top mundial. Demonstram, para já, uma tendência sazonal, que a Apple deve conseguir contrariar até final de setembro e possivelmente também nos últimos três meses do ano, já que está a dias de lançar novos equipamentos.

No entanto, esta troca de posições no ranking mundial e a própria configuração do top 5 de vendas é reveladora da pressão crescente dos fabricantes asiáticos neste mercado e da concorrência cerrada, que obriga cada empresa a reinventar-se a cada momento, para atrair o interesse dos consumidores e fazê-lo perdurar no tempo.

Segundo a Gartner, a perda do 2º lugar no ranking mundial de vendas pela Apple explica-se pelo desinteresse mais rápido que o normal dos consumidores no iPhone X, o topo de gama que a marca lançou há um ano e que costuma alimentar um elevado nível de vendas nos 12 meses seguintes.

 


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados