Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Huawei testa os limites do utilizador empresarial

Publicado em 17 Fevereiro 2016 | 507 Visualizações

Na rota do segundo lugar do mercado nacional de telemóveis, e a crescer a um ritmo de dois dígitos ao ano, a Huawei, apresentou aquele que garante ser o novo trunfo da companhia para conquistar terreno no mercado de dispositivos direcionados para o mercado empresarial.

 

O processador chipset Kirin 950 que sustenta o novo Mate 8 da Huawei posiciona-se para surpreender os utilizadores mais exigentes. A garantia foi dada pela marca, que desvendou um conjunto de oito essências tecnológicas que estão escondidas atrás de um ecrã de alto contraste de 6 polegadas, com o vidro de corte de diamante 2.5D curvo e uma caída de metal de alumínio de grau aeroespacial.

 

«A arquitetura do dispositivo equilibra a eficiência energética com o desempenho de alta qualidade, através de processadores 4 x A72 de 2,3 GHz e 4 x A53 1,8 GHz», garante o fabricante.

 

A interface de utilizador da Huawei EMUI 4.0 e o sistema operativo Android 6.0 Marshmallow, sustentam uma experiência de utilização melhorada e que é complementada por uma garantia de eficiência energética 70% acima do que já era garantido no modelo anterior. Equipado com uma bateria de alta densidade de 4000mAh, o Huawei Mate 8 garante mais de dois dias de uso normal. Adicionalmente, com tecnologia de carregamento rápido, este smartphone é capaz de carregar um dia inteiro de bateria em apenas 30 minuto

 

O Huawei Mate 8 introduz uma nova geração de segurança por impressão digital com tecnologia de proteção reforçada. O sensor de impressão digital circular melhora a área de identificação em cerca de 10%. Além disso, a correspondência da impressão digital tem três níveis de segurança, proporcionando maior proteção aos seus utilizadores. O novo design do sensor aumenta 100% a velocidade de desbloqueio.

 

O Fast Identity Online (FIDO) e Android M são os dois padrões de segurança que suportam a experiência de pagamentos realizados através de smartphones. O CPU também suporta encriptação em tempo real de armazenamento, para melhor proteção de dados. O Huawei Mate 8 proporciona um bloqueio do cartão micro SD, impedindo que outra pessoa aceda a conteúdos no cartão sem uma senha. Se o smartphone for roubado, os dados do utilizador não serão acessíveis.

 

Anunciando-se como uma «marca de conetividade», a Huawei garante que o Mate 8 suporta conetividade mundial e mais redes do que qualquer outro smartphone dual-SIM, incluindo 4 redes de 2G, 9 redes de 3G e 18 redes de 4G em 217 países e regiões com 1,334 definições de operador.

 

O Huawei Mate 8 está disponível em Portugal, no mercado livre, com um P.V.P. de 649,90 euros, e em duas cores: moonlight silver e space grey. Aguarda-se para breve o Mocha Brown uma cor que o fabricante diz ser um trunfo complementar para este equipamento.

 

 

 

Uma imagem perfeita vale o investimento de milhões

 

A Huawei investiu 98 milhões de dólares nos últimos três anos para melhorar componente de imagem dos seus equipamentos, aproximando o processamento de imagem do desempenho das melhores câmaras profissionais.

 

O Huawei Mate 8 utiliza uma lente 16MP aumentando o tamanho do sensor para 23%. Este equipamento tem também uma câmara frontal de 8 MP com um novo algoritmo de beleza que promete a “selfie perfeita”.


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados