Partilhe nas Redes Sociais

Investigadores de Coimbra estudam vinhas com recurso a deep learning

Publicado em 20 Maio 2022 | 91 Visualizações

Investigadores de Coimbra estudam vinhas com deep learning

Um projeto da Universidade de Coimbra mostrou mais uma aplicação relevante da inteligência artificial na agricultura. Uma equipa liderada por investigadores do Instituto de Sistemas e Robótica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra desenvolveu um sistema de monitorização de vinhas não invasivo que permite detetar e reagir de imediato e de forma localizada sempre que são identificadas doenças e pestes.

Durante 12 meses e com recurso a deep learning, foram estudadas três vinhas da região Centro – Coimbra, Valdoeiro e Quinta de Baixo, que apresentam características biofísicas diferentes Para o estudo recorreu-se a informação espácio-temporal obtida através de satélites e drones.

As imagens aéreas, recolhidas através de um drone com uma câmara multiespectral e uma câmara RGB de alta definição, ajudaram a definir as linhas das vinhas, e a fazer melhores estimativas sobre a colheita e a avaliação do vigor das plantas. Essa informação foi usada para criar modelos de segmentação «baseados em Deep Learning que têm melhor desempenho quando comparados com métodos clássicos», garantem os investigadores. 

O trabalho permitiu validar o uso deste tipo de abordagem de câmara dupla para aquisição de dados e o seu potencial valor para a agricultura de precisão e os resultados foram já publicados na revista científica Computers and Electronics in Agriculture, com o título «Multispectral vineyard segmentation: A deep learning comparison study». O trabalho está disponível para consulta aqui

Neste estudo participaram também investigadores do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores de Coimbra e da Escola Superior Agrária de Coimbra. A pesquisa foi realizada no âmbito do projeto Al+Green: Automação Inteligente na Agricultura de Precisão, financiado pelo MIT-Portugal e pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.


Publicado em:

Projetos

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados