Partilhe nas Redes Sociais

Investors Portugal quer investir 150 milhões de euros em startups nos próximos três anos

Publicado em 8 Outubro 2021 | 61 Visualizações

A Federação Nacional de Business Angels e a Associação Portuguesa de Business Angels juntaram-se para criar a Associação Portuguesa de Investidores Early Stage – Investors Portugal, que durante os próximos três anos prevê um investimento de 150 milhões de euros no ecossistema português de startups.

A nova estrutura nasce para reforçar o apoio aos investidores neste ecossistema e a capacidade de influência, junto de associados e de parceiros, integrando nesse leque consultoras, sociedades de advogados, universidades e politécnicos, incubadoras e aceleradoras, autarquias e associações empresariais. 

«Queremos Portugal inovador, competitivo e exportador? Isso só é possível com business angels e capital de risco bem organizados. A Investors Portugal é dos investidores que acreditam que Portugal tem empreendedores com as competências para criar de sucesso internacional em Portugal», sublinha o co-presidente da Investors Portugal, Pedro Bandeira.

A associação reúne para já 425 business angels, 23 entidades veículo e fundos de venture capital, que têm investimentos em 300 startups, no valor total de 500 milhões de euros. 

A Investors Portugal assume como missão «congregar os vários investidores nas fases early stage em Portugal, promover e desenvolver o ecossistema português early stage, estabelecer-se como parceiro de referência do sector, representar os players do setor e formar e capacitar os diversos atores do ecossistema».


Publicado em:

Startups

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados