Partilhe nas Redes Sociais

Lidl investe na transformação digital

Publicado em 16 Fevereiro 2017 | 2921 Visualizações

A nova sede da cadeia de supermercados Lidl Portugal é um projeto de transformação digital em evidência. O complexo situa-se no Linhó e abrange 40 mil metros quadrados, com um edifício de duas torres e quatro pisos cada. Além das áreas de trabalho e salas de reunião, a sede alberga  infraestruturas e serviços que sustentam os processos digitais dos mais de cinco mil colaboradores que trabalham no Lidl em Portugal.

Um dos objetivos a alcançar com este novo espaço era o da otimização e melhoria da capacidade de rede para suportar a digitalização e mobilidade dos processos e foi aqui que entrou a tecnológica Cisco Portugal. A empresa forneceu soluções para as áreas de mobilidade, colaboração, data center e redes empresariais, numa combinação de hardware, software e serviços.

Dionísio Santos, diretor de tecnologias da informação do Lidl Portugal, refere que a solução necessária era complexa, tendo em conta os requisitos de melhores práticas de mercado e as condições de trabalho. «Neste momento, a solução instalada pela Cisco permite aos nossos mais de cinco mil colaboradores de todo o país não só terem disponibilidade e rentabilidade totais da parte dos sistemas de TI, como também trabalharem à distância sem qualquer tipo de esforço, um aspeto muito importante para uma empresa global que tem também várias unidades de negócio em Portugal», sublinha o responsável.

Neste âmbito específico, as soluções implementadas pela Cisco foram a Cisco Connected Mobile Experience (CMX), com conectividade móvel e componente analítica e a Telepresença, o sistema de conferências imersivas que reduz a necessidade de deslocações – nomeadamente os terminais MX800, MX300, MX200 e Sx20.

Outra componente da colaboração foi o data center, em que Cisco propôs a implementação de uma família de dispositivos Nexus7K/2K e 1000V; a rede do centro de dados do Lidl Portugal é suportada através de uma arquitetura Cisco Nexus-Unified Fabric.

Sabendo que a transformação digital é crítica para as empresas conseguirem ser mais competitivas e eficientes, Sofia Tenreiro, diretora geral da Cisco Portugal, considera que o Lidl soube reconhecer a «importante vantagem competitiva que pode ser conseguida com esta transição tecnológica e com a consequente capacidade de identificar novas fontes de valor e crescimento de negócio quando se atua sobre a informação coligida».

Sofia Tenreiro explica que as soluções implementadas foram desenhadas com base nessa premissa, com foco na geração de novas fontes de rendimento para o grupo e ao mesmo tempo redução de custos.


Publicado em:

Projetos

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados