Partilhe nas Redes Sociais

PUB

GMV: Innovating solutions in Cybersecurity

Lucros da NOS disparam 52,5% no segundo trimestre

Publicado em 21 Julho 2017 por Ana Rita Guerra | 103 Visualizações

O segundo trimestre de 2017 trouxe um crescimento em toda a linha para a NOS, com um salto significativo dos lucros para 40,4 milhões de euros, mais 52,5% que no período homólogo.

As receitas subiram 4,2%, ultrapassando 388 milhões de euros, e a margem EBITDA também melhorou (de 39,9% para 40,4%). O crescimento de mais de 15 milhões de euros nas receitas deveu-se sobretudo ao impulso dos serviços. Já o aumento nos lucros, que foi de 13,9 milhões de euros, está ligado ao contributo positivo das empresas participadas pela operadora.

«O forte investimento que temos vindo a fazer na inovação, na melhoria da qualidade dos serviços que prestamos e no alargamento do número de famílias abrangidas pelas nossas redes de última geração, continua a contribuir para um significativo crescimento da base de clientes», sublinha Miguel Almeida, CEO da NOS.

«Este sucesso comercial traduz-se, mais uma vez neste trimestre, numa muito positiva evolução dos indicadores financeiros, apesar da continuada queda da receita por serviço.» O número de serviços empresariais aumentou 8% e atingiu 1,453 milhões de serviços, um bom indicador do ambiente positivo de negócios – foram adicionados 22,6 mil novos serviços.

Em termos de subscritores móveis, a NOS obteve 62 mil novos clientes neste período, totalizando agora 4,549 milhões. Quanto aos clientes de televisão por subscrição, a subida foi mais modesta: 4,9 mil novos clientes, mais 2,5%, para um total de 1,6 milhões.

A evolução também foi positiva no fixo: a banda larga fixa cresceu 8,4% para 1,308 milhões e o telefone fixo subiu 5,2% para 1,751 milhões. Até a venda de bilhetes de cinema cresceu de forma significativa, mais 42,6% para 2,446 milhões. Blockbusters como “Velocidade Furiosa 8” e “Mulher Maravilha” contribuíram para este resultado.

A base total de clientes dos serviços NOS era assim de 9,254 milhões no final do segundo trimestre, traduzindo adições líquidas de 99 mil e um recrudescimento de 5,8%.


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados