Partilhe nas Redes Sociais

PUB

GMV: Innovating solutions in Cybersecurity

Microsoft prepara smartphone Surface

Publicado em 8 Maio 2017 | 136 Visualizações

A aquisição da divisão de telemóveis da Nokia não correu como a Microsoft esperava e a marca acabou por ser vendida e licenciada à HMD Global. No entanto, a tecnológica continua interessada no mercado. Em novembro do ano passado, o CEO, Satya Nadella, disse a uma publicação australiana que a empresa estava a trabalhar numa linha diferente de smartphones. «Vamos continuar a estar no mercado de telemóveis não como está definido pelos líderes de mercado, mas pelo que podemos fazer de forma única num dispositivo móvel de ponta», disse então o executivo.

Agora, numa entrevista para o Marketplace, Nadella confirmou os planos para o lançamento de um smartphone sob a marca Surface. «Quando dizemos que vamos fazer mais telemóveis, tenho a certeza que os iremos fazer, mas eles não se vão parecer com os telemóveis que existem hoje», indicou.

O CEO não deu detalhes concretos, mas afirmou que a Microsoft vai lançar mais hardware em 2017, depois do recente lançamento do Surface Laptop. A empresa também marcou um evento para 23 de maio, embora não se saiba exatamente para quê.

A Nokia foi adquirida ainda durante a liderança do anterior CEO, Steve Ballmer, mas a iniciativa falhou na tentativa de quebrar o duopólio que comanda o mercado, Android versus iOS. Em 2015, a empresa teve de fazer uma amortização de 7,6 mil milhões de dólares no negócio da Nokia e despediu milhares de pessoas.

O espaço no mercado está cada vez mais pequeno, com o Android a dominar entre 80% e 85% do mercado e o iOS a levar 13% a 15%. Sistemas concorrentes, como o BlackBerry OS e o Windows Phone, praticamente desapareceram.

No terceiro trimestre do ano, a Microsoft irá lançar um novo update ao Windows 10, Redstone 3, que será muito virado para a mobilidade, deixando no ar a questão: Poderá iniciar-se aqui o novo ciclo?


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados