Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Mina de Neves-Corvo entra na era do 4G

Publicado em 23 Junho 2020 | 184 Visualizações

A Altice Portugal, através da Altice Empresas, e a Somincor, responsável pela exploração da mina de Neves-Corvo, em Castro Verde, vão levar a tecnologia 4G/LTE (Long Term Evolution) a mais de 90 km de túneis desta estrutura.

De acordo com ambas as empresas esta é uma das primeiras minas no Mundo a receber a tecnologia 4G com o objetivo de «responder aos permanentes desafios do setor mineiro, nomeadamente a melhoria da segurança dos seus colaboradores e a necessidade de coordenação permanente sobre as operações realizadas por máquinas e equipas no subsolo».

Nesse sentido, a Somincor e a Altice Empresas vão implementar uma solução avançada de rede de dados wireless com tecnologia 4G/LTE para a cobertura de 90 km de túneis sendo que, entre as possíveis alternativas para o desenho desta solução ‘à medida’, foi escolhida a arquitetura LTE em 800 MHz e também LTE em 1800 MHz, conforme a área a cobrir.

A solução apresentada contempla ainda o fornecimento de uma rede core local redundante para garantia de elevada autonomia, menor latência e segurança total. As minas de Neves-Corvo passam assim a garantir três fatores fundamentais para a sua atividade: segurança operacional, aumento da eficiência e produtividade e redução de custos.

A nova rede de transmissão de dados irá permitir à Somincor localizar e monitorizar remotamente e em tempo real, a operação automatizada das máquinas no interior da mina.

Alexandre Fonseca, presidente executivo da Altice Portugal, destacou que «a inovação e tecnologia ao serviço da economia e do prestígio nacionais é um dos desígnios do qual» a sua empresa não abdica. Disse ainda que «este grande e peculiar projeto, para além de se traduzir em mais um marco para o País, é uma alavanca para um maior desenvolvimento económico local e regional».

Para Kenneth Norris, administrador delegado da Somincor, «este é um momento relevante» que traduz «a forte aposta que temos vindo a fazer na modernização tecnológica e na inovação da nossa atividade».


Publicado em:

Projetos

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados