Partilhe nas Redes Sociais

Nearshore: de Portugal para o Mundo

André Brites, business manager na Mind Source

Publicado em 3 Agosto 2022 por Ntech.news | 26 Visualizações

A democratização do teletrabalho tornou o nearshore ainda mais apetecível para empresas de todo o mundo, em especial no que toca a serviços de IT. Também a escassez mundial de talento tecnológico qualificado impulsionou o nearshore nos últimos anos, que se apresenta como uma solução altamente eficaz e com benefícios comprovados ao nível da redução de custos. Dificilmente seria possível inventar um país com mais condições para a prestação de serviços nearshore.  E se um artigo desta dimensão é curto para enumerar todas as vantagens de Portugal como destino ideal para o investimento em nearshore, salientamos as principais:

  • O país fica no extremo ocidental da Europa numa posição geográfica única entre as Américas, África e, naturalmente, o resto do continente europeu.
  • Situado junto ao meridiano de Greenwich, partilha o fuso horário com o Reino Unido. A diferença horária entre Portugal, as Américas, África e o resto da Europa é razoável para possibilitar a prestação de serviços a essas regiões em largos períodos do dia.
  • As Terras Lusas apresentam uma situação político-social estável, sendo considerado o 2º país da União Europeia mais estável a nível político de acordo com o The Global Economy.
  • Portugal faz parte da União Europeia e da Zona Euro o que facilita quer o trabalho de recrutamento, quer de transações sem câmbios com muitos destinos. Esta proximidade cultural facilita também a comunicação com os países da união.
  • Destaque ainda para os aeroportos localizados a curta distância dos centros urbanos. Portugal tem voos para todos os continentes e fica a poucas horas de distância de qualquer capital europeia, sendo ainda o país mais próximo dos EUA.
  • Internamente, Portugal apresenta um dos sistemas de telecomunicações mais avançados, integrando o Top de 20 países com a melhor Internet.
  • Além disso, está a ser feito um grande investimento em cabos submarinos de alto débito para ligar o país aos continentes já referidos e ainda à Ásia, através do Mediterrâneo, o que permite um excelente débito e reduzida latência no contacto com praticamente todo o mundo.
  • A força de trabalho em Portugal é altamente qualificada. A geração actual é mesmo considerada a «mais qualificada de sempre», com destaque para as áreas de engenharia e ciência. Cerca de 31% da população tem formação superior, de acordo com o INE/Pordata.
  • Os portugueses são ainda conhecidos pela elevada proficiência em línguas, sendo Portugal considerado o 7º país europeu com mais elevada proficiência em inglês, de acordo com o English Proficiency Index.
  • Acresce ainda que os portugueses têm uma capacidade natural de interagir com pessoas de outras culturas. Talvez nos tenha ficado geneticamente marcada essa característica pela memória comum dos descobrimentos e das relações comerciais com todo o mundo a partir da II dinastia.
  • Os portugueses caracterizam-se ainda por ser um povo empenhado, com ética de trabalho e com particularidades únicas que os tornam flexíveis para solucionar problemas: o português sabe desenrascar-se.

Todos estes motivos e muito mais, no seu conjunto, tornam Portugal no destino ideal para recorrer a serviços de nearshore.


Publicado em:

Opinião

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados